Mais de mil pessoas que foram afectadas pelo ciclone tropical Idai e inundações no distrito do Búzi, na província de Sofala, começaram, sábado, a regressar às suas zonas de proveniência, depois de terem recebido kits básicos de sobrevivência para os próximos 15 dias.
O processo iniciou com as vítimas que estão acomodadas no Instituto de Formação em Administração Pública e Autárquica (IFAPA) e está a ser orientado pelo Governo, através do Instituto Nacional de Gestão das Calamidades (INGC), com o apoio da Agência das Nações Unidas para Refugiados.
Segundo a AIM, que cita o “País”, os afectados regressam às suas zonas de origem, mas, numa primeira fase, serão concentrados no centro de acomodação de Guara-Guara.
De acordo com um inquérito, parte significativa das vítimas que residiam na vila-sede do Búzi já não pretendem voltar ao mesmo local.
A Agência das Nações Unidas para Refugiados apoia o retorno dos afectados às suas zonas de origem e o seu reassentamento, para que estes possam refazer as suas vidas depois dos efeitos combinados do ciclone e inundações terem devastado seus bens.

Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Tomato Green Blue Cyan Dark_Red Dark_Blue

Body

Background Color
Text Color

Header

Background Color

Footer

Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family
Direction