Director: Júlio Manjate   ||  Directora Adjunta: Delfina Mugabe

ESTÃO disponíveis 25 milhões de meticais para transferir as 47 famílias afectadas pelo traçado da rua da Paz, que liga Malhazine e Bagamoyo, na cidade de Maputo, para dar lugar a pavimentação da rodovia.

Do universo das afectados, cinco serão movimentadas para outras zonas habitacionais enquanto as restantes 42 receberão compensações, uma vez que as suas residências foram atingidas parcialmente.David Simango, Presidente do Conselho Municipal da Cidade de Maputo, que ontem visitou diversas obras em curso na urbe, para avaliar o grau de execução, disse que os trabalhosestavam a marcar passo por falta de fundos.

“O empreiteiro já tem aval para avançar, pelo que a partir da próxima semana as pessoas vão começar a receber dinheiro das compensações. Pensamos que o mais tardar até Junho as obras estarão concluídas”, disse.

No que tange a Rua do Bagamoyo, tal como indicou a fonte, os trabalhos estão numa fase avançada, estando em curso a colocação de “pavet”.

 O dirigente, explicou que a empresa responsável pela execução das obras estava à espera da aprovação do município para avançar para a conclusão dos trabalhos.

“A aprovação do “pavet” demorou porque estávamos a espera de resultados laboratoriais. O material já foi aprovado e demos orientação ao empreiteiro para avançar com as obras. Até o próximo mês de Março, a rua de Bagamoyo estará pronta porque toda a base já foi concluida”, disse.

No entender de David Simango, as obras das ruas de Bagamoyo e da Paz estão atrasadas, mas que tudo está a ser feito para que as empresas responsáveis pelos trabalhos entreguem os empreendimentos o mais rápido possível.

O atraso, conforme a fonte, regista-se igualmente nas obras de construção do Armazém Municipal de Medicamentos, no bairro do Zimpeto, onde estão a ser feitos reajustes do calendário de entrega da infra-estrutura.

Assim, o interlocutor precisou que a construtora deverá entregar o empreendimento no próximo mês de Março porque o mesmo deverá ser usado para o depósito do material a ser usado nas campanhas de vacinação.

“O que nos alegra é saber que apesar do atraso das obras, elas estão em curso. Há casos em que o empreiteiro chega a abandonar os trabalhos. Nós temos todas as facturas pagas, esperando apenas que o empreiteiro execute as obras”, disse.

O Presidente do Município disse que estão a ser tomadas medidas para o avanço dos trabalhosem todas obras em curso na capital, entre ruas e passeios, sobretudo as que estão atrasadas.

Sábados

...

A BELEZA do mundo é uma bênção que se vive na ...

CLICKADAS

TEMA DE ...

NUMA entrevista que concedeu ao escritor Marcelo Panguana, publicada no ...

Conselho de administração

Presidente: Bento Baloi

Administrator: Rogério Sitóe

Administrator: Cezerilo Matuce

Siga-nos

Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Tomato Green Blue Cyan Dark_Red Dark_Blue

Body

Background Color
Text Color

Header

Background Color

Footer

Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family
Direction