Imprimir
Categoria: Beira
Visualizações: 821

Cerca de 80 milhões de dólares norte-americanos é o valor que o município da cidade da Beira precisa para o arranque da segunda fase das obras de construção do sistema de drenagem dos bairros de Chota, Estoril e respectiva bacia de retenção.

O presidente daquela edilidade, Daviz Simango, discursava hoje, momentos antes do Presidente da República proceder à inauguração do sistema de drenagem de águas pluviais construído na zona das Palmeiras, incluindo um descarregador de águas para o mar.

Segundo Simango, a execução da segunda fase precisa de 80 milhões de dólares norte-americanos, que o município já esta a mobilizar junto dos parceiros de cooperação, nomeadamente, o Banco Mundial, a KFW e o Governo central.

Na ocasião agradeceu o apoio prestado pelos parceiros de cooperação na construção de infra-estruturas para a mitigação das mudanças climáticas, que provocam inundações cíclicas durante a época chuvosa.

Elogiou o apoio na edificação de diversas infraestruturas, como o canal do Chiveve, mercados, estradas, entre outras.