A Administração Nacional de Estradas, ao nível da província de Maputo, dispõe de pouco mais de duzentos milhões de meticais para a manutenção da rede viária desta parcela do país.

São no total mil e duzentos quilómetros de estrada que vão beneficiar de melhoramento na região, dentre asfaltadas e terciárias.

O delegado da ANE na província de Maputo disse que, neste momento, a situação da rede viária é considerada razoável, não tendo nenhuma via intransitável.

Manuel Cossa falava ontem à Rádio Moçambique, após uma reunião que juntou administradores distritais, edis dos quatro municípios e direcção provincial das Obras Públicas para avaliar o ponto de situação das estradas da província de Maputo.

Cossa explicou na ocasião que devido à exiguidade de fundos nem todos os troços serão intervencionados.

Comments

O BAIRRO de Muhalaze, posto administrativo de Infulene, município da Matola, província de Maputo, vai ter, ainda este mês, uma estrada terraplanada e transporte público.

Segundo o porta-voz do Conselho Municipal da Cidade da Matola, Filimão Suaze, o estado de degradação em que a via se encontra exige uma intervenção urgente, para facilitar a mobilidade de pessoas e bens.

Disse que a urgência surge na sequência do estado da via ter-seagravado, devido à queda frequente de chuva.                   

Suaze disse que tal obrigou a edilidade a retirar os autocarros da Empresa de Transporte Público da Matola, o que concorreu também para a redução de número dos transportadores privados de carrinhas de caixa-aberta.

Garantiu que todas as equipas intervenientes nas obras de terraplanagem da estrada de Muhalaze estão neste momento a fazer os últimos acertos para o início do trabalho.

Prometeu que a via estará transitável e os autocarros de transporte municipal voltarão a operar para o bairro.

Informou que o bairro de Muhalaze vai ter estrada asfaltada, mas neste momento precisa de uma intervenção urgente para aliviar os munícipes do sofrimento.

 

 


Comments

Três viaturas envolveram-se, esta tarde, num acidente de viação na avenida da Marginal, junto à praia da Costa do Sol, na cidade de Maputo, provocando a paralisação temporária da circulação de automóveis, nos dois sentidos.

O desastre causou ferimentos aos ocupantes de dois veículos de marca Toyota, um modelo Hilux com a matrícula AFJ 843 MC, e um Vitz, que na sequência dos embates acabaram por capotar, nos dois sentidos de circulação da rodovia, segundo imagens transmitidas pela televisão.

O terceiro automóvel de marca Isuzu, modelo KB, propriedade de uma empresa de construção, apenas galgou o separador central e ficou imobilizado, esperando pela remoção.

As autoridades policiais não prestaram declarações à imprensa, suspeitando-se que o excesso de velocidade tenha sido a principal causa do sinistro.

 

Comments

ESTA jovem e promissora lixeira é apenas uma amostra de tantas que nascem e crescem abundantemente nos bairros de expansão da autarquiada Matola. Há lixeiras a deitar raízes um pouco por toda a cidade, até mesmo em áreas reservadas à implantação de infra-estruturas económicas e sociais. Leia mais

Comments

A Polícia na província de Maputo não confirma a ocorrência, hoje, do rapto de uma senhora, ao longo da Estrada número 4, no município da Matola, conforme informação colocada a circular nas redes sociais.

Segundo Fernando Manhiça, porta-voz da polícia na província de Maputo, trata-se de um “falso alarme”, a suposta vítima encontra-se a gozar de boa saúde e teria estacionado a sua viatura no local para a aquisição de material de construção.

Fernando Manhiça, porta-voz da Polícia da República de Moçambique, a nível da província de Maputo, frisou à nossa Reportagem que não houve nenhum rapto na Matola, e as imagens que circulam nas redes sociais são apenas um “falso alarme”.

O “Fake News” indica que quatro homens armados e mascarados que se faziam transportar numa viatura de marca Toyota, modelo Alteza, raptaram a proprietária de um Toyota Hilux, com a matrícula AFM 650 MP, quando esta saia de um estabelecimento comercial, vestida de roupa branca e um chapéu vermelho.

Entretanto, num breve balanço do fim-de-semana pascal, o porta-voz referiu que para além do acidente que tirou a vida a seis pessoas no distrito da Manhiça, um outro sinistro ocorreu no distrito de Boane durante o período em causa, tendo ceifado a vida a 3 pessoas.

Segundo a fonte, no fim-de-semana em análise as autoridades policiais registaram 9 mortos em dois acidentes de viação, ambos do tipo despiste e capotamento.

Manhiça explicou ainda que, em Boane, o desastre envolveu um camião devido ao excesso de velocidade.

A fonte adiantou que a província não registou casos criminais, por isso, consideram que o fim-de-semana de Páscoa foi calmo, excepto os acidentes de viação que ainda constituem preocupação das autoridades policiais, causados pela falta de observação das regras elementares de condução, por parte dos automobilistas.

Naquela região, 1923 automobilistas foram fiscalizados, aplicadas 137 multas e 73 cartas de condução apreendidas, devido a condução em estado de embriagues, disse.

Comments
Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Tomato Green Blue Cyan Dark_Red Dark_Blue

Body

Background Color
Text Color

Header

Background Color

Footer

Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family
Direction