Director: Júlio Manjate   ||  Directora Adjunta: Delfina Mugabe

Evitar manobras perigosas e condução em estado de embriaguez, bem como atravessar a via em passadeiras e pontes pedonais são as mensagens deixadas aos utentes da via pública, de modo a reduzir o índice de acidentes de viação que têm ceifado vidas.

O apelo é da Cruz Vermelha de Moçambique (CVM), que fez uma simulação de primeiros socorros no entroncamento entre as avenidas de Angola e Joaquim Chissano, na cidade de Maputo.

Segundo Avelino Mondlane, presidente da CVM, muitos dos atropelamentos acontecem porque os peões não sabem como deve ser feita a travessia, mesmo havendo passadeiras ou ainda pontes pedonais.

Acrescentou que os automobilistas também praticam manobras perigosas na estrada sem se importar com as pessoas à volta, para além dos transportadores que conduzem à alta velocidade.

Com a simulação, a CVM pretendia trazer à superfície o impacto dos acidentes e sensibilizar os automobilistas e o público em geral a observar as regras elementares de trânsito.

Iva Mabombo, formadora da CVM, indicou que em caso de acidentes de viação a prioridade é para os feridos graves, que geralmente são os que não reagem.

Ester Baptista, agente da Polícia de Trânsito, lamentou o facto de os peões agredirem os agentes da Polícia de Trânsito quando estes apelam para o uso das pontes pedonais na Avenida de Moçambique.

Sábados

TEMA DE ...

A alegoria da caverna de Platão é esclarecedora quanto ...

CLICKADAS

...

José Craveirinha, o nosso poeta maior, escreveu: “O ...

Conselho de administração

Presidente: Bento Baloi

Administrator: Rogério Sitóe

Administrator: Cezerilo Matuce

Siga-nos

Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Tomato Green Blue Cyan Dark_Red Dark_Blue

Body

Background Color
Text Color

Header

Background Color

Footer

Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family
Direction