Director: Júlio Manjate   ||  Director(a) Adjunto(a): 

DUAS pessoas morreram, no fim-de-semana, devido ao agravamento do seu estado de saúde, no Serviço de Urgência do Hospital Central de Maputo (HCM).

Mara Ribeiro, chefe da equipa médica no HCM, disse esta manhã que durante fim-de-semana a Urgência de HCM registou um total de 977 pacientes que procuravam serviços médicos.

Informou que deste número, os dois morrera, que chegaram àquela unidade sanitária em estado crítico de saúde.

Segundo ela, dos 977 utentes que deram entrada na urgência, 710 compadeciam de doenças gerais, 267 por traumas, dos quais 50 em resultado de acidentes de viação dentre graves e ligeiros, 77 por queda e 26 vítimas de agressões físicas.

No mesmo período, HCM registou ainda quatro casos de mordeduras animais e 94 vítimas de acidentes diversos.

Dos 977 enfermos, 882 tiveram alta e noventa e cinco continuavam até a manhã de hoje a receberem cuidados médicos.

 

Comments

O Distrito Municipal KaTembe, na cidade de Maputo, passa a dispor de mais uma estrada pavimentada, inaugurada na manhã de ontem pelo presidente do Conselho Municipal, David Simango. Leia mais

Comments

Cinco viaturas foram roubadas no passado sábado, no Estádio Nacional do Zimpeto, em Maputo, quando os seus proprietários assistiam à partida entre as selecções nacionais de Moçambique e da Namíbia, jogo a contar para a terceira jornada do Grupo K, de acesso ao CAN-2019, nos Camarões.

O porta-voz da Polícia da República de Moçambique (PRM), Leonel Muchine, na capital do país, disse hoje à imprensa que as viaturas foram furtadas por meliantes ainda a monte e que a corporação já está ao encalce dos malfeitores.

Explicou que os carros em alusão encontravam-se estacionados fora do parque daquele recinto desportivo, apelando ao público para que faça uso dos cerca de dois mil espaços de estacionamento disponíveis naquele recinto desportivo.

 

Comments

As comunidades suburbanas são as que mais situações de violação de menores registam, mas poucos casos são reportados às entidades de direito, como a Saúde e Justiça. Leia mais

Comments

Longas filas caracterizaram as primeiras horas de votação na autarquia da cidade de Maputo, onde a nota de destaque foi a abertura pontual das urnas,  bem como a forma ordeira como os eleitores estão a exercer o seu direito de voto.

Logo pelas primeiras horas da manhã, centenas de cidadãos com direito a voto começaram a afluir aos postos de votação, onde já se achavam presentes funcionários e membros das mesas das assembleias de voto encarregues de dirigir a operação.

Todavia, e apesar da pontualidade na abertura das mesas, nalguns postos de votação, como é o caso da mesa 11.089, localizada na Escola Primária das Mahotas, os eleitores reclamavam pela demora. Em resultado, segundo constatou o repórter do “Notícias”, podiam-se ver longas filas de eleitores desesperados à espera de votar.

Dois eleitores abordaram a nossa reportagem reclamando o facto de os seus cartões não apresentarem indicação do número de eleitor e nem da mesa em que deveriam votar.

Até à altura em que abandonamos o local, os serviços de apoio ao eleitor ainda não estavam activos.

Problemas de género ocorreram também no posto instalado na Escola Secundária da Polana, onde uma eleitora disse à Rádio Moçambique que até às 10.00 horas da manhã o pessoal de apoio dos órgãos eleitorais ainda não estava a prestar a devida assistência aos votantes.

Porém, o porta-voz do Secretariado Técnico de Administração Eleitoral (STAE), Cláudio Langa, garantiu que a instituição instalou atempadamente todo o aparato humano e logístico, de modo a facilitar o processo de votação e que os problemas característicos das primeiras horas de votação seriam sanados.

Em declarações à Televisão de Moçambique, Langa também referiu-se às enchentes que caracterizaram a maioria das mesas de voto logo nas primeiras horas da manhã.

Ele indicou, igualmente, que apesar das multidões e de problemas localizados o processo decorre sem incidentes de grande monta.

Por seu lado, o Presidente da Comissão Nacional de Eleições (CNE), Abdul Carimo, que cerca das 10.30 horas votou na Escola Secundária da Polana, desejou que a acalmia e serenidade que caracterizam o escrutínio continuem até à divulgação parcial dos resultados pelos partidos políticos e pelos órgãos eleitorais.

Um total de 3.910.712 eleitores escolhem hoje os presidentes dos 53 conselhos autárquicos e respectivos membros das assembleias municipais para as quintas eleições autárquicas na história do país.

Comments

Subcategorias

Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Tomato Green Blue Cyan Dark_Red Dark_Blue

Body

Background Color
Text Color

Header

Background Color

Footer

Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family
Direction