DEBATER o papel das novas tecnologias sem fio (TVWS) no acesso à Internet a nível das zonas rurais em Moçambique, mas a custos acessíveis é o objectivo de um workshop que se realiza hoje, na cidade de Maputo.

Realizado sob o lema “Rádios cognitivas para comunicação rural”, este workshop vai juntar académicos, prestadores de serviço de internet (ISP, sigla em Inglês) e representantes da sociedade civil e visa analisar igualmente a implementação do projecto-piloto “TV - White Spaces (TVWS)”, cuja execução será no município da vila de Boane, na província de Maputo.

Nas telecomunicações, o conceito White Spaces (espaços em branco) refere-se a partes do espectro não utilizadas que poderão ser reutilizadas para implementação de outros serviços.

Este encontro é organizado pelo Instituto Nacional das Comunicações de Moçambique (INCM) – autoridade reguladora dos sectores postal e de telecomunicações, em parceria com o Fundo do Serviço de Acesso Universal (FSAU), o International Centre of Theoretical Physicas (ICTP), o Centro de Informática da Universidade Eduardo Mondlane (CIUEM) e a empresa Internet Solutions(IS).

Na faixa específica de radiodifusão televisiva terrestre em UHF (470 MHz a 790 MHz) existem espaços em branco que, através do uso das tecnologias de rádio cognitiva para white spaces, podem ser usados para prover a conectividade à Internet de banda larga.

Importa sublinhar que, à medida que se fica cada vez mais dependente da Internet para comunicação, informação, serviços de saúde e negócios, entre outros aspectos, torna-se claro que a conectividade deve ser vista como um direito humano básico.

Devido a factores de vária ordem, tais como ambientais, distância, entre os principais provedores de serviços de Internet e as zonas desprovidas de serviços e à falta de incentivos financeiros, a conectividade escasseia principalmente nas áreas com baixa densidade populacional.

Entretanto, analisado o impacto da introdução desta tecnologia junto das comunidades, se pretende que o TV- White Spaces seja uma das soluções da conectividade eficaz e eficiente para o provimento do serviço de Internet a baixo custo.

Versão-Impressa


Mais recentes

Breves

Editorial

EDITORIAL
Sexta, 23 Junho 2017
DOIS momentos marcaram esta semana o contacto entre o Banco de Moçambique e a comunicação social, nomeadamente o ponto de situação da economia nacional e os esclarecimentos à volta do processo que culminou com a venda do Banco Moza à Kuhanha –... Ler mais..

Primeiro Plano

IMAGE
Ponte Dona Ana: Obras da passadeira relançam...
Terça, 20 Junho 2017
OS habitantes do vale do Zambeze, de que fazem parte as províncias de Manica, Sofala, Tete e Zambézia, estão bastante optimistas no incremento das trocas comerciais, quando for concluída, próximo mês, a reabilitação e iluminação da passadeira na ponte Dona Ana, que liga a vila municipal de Nhamayabwe, distrito de Mutarara, em... Ler mais..

Assim vai o mundo

Preçário dos jornais online

Anual 5.746,00 MT
Semestral
Trimestral 1.436,00 MT
Mensal 478,00 MT
Quizenal 239,00 MT
Semanal
Diário 18,00 MT

Jornal Noticias

Anual 1.872,00 MT
Semestral
Trimestral 468,00 MT
Mensal 156,00 MT
Semanal 27,00 MT

Jornal Domingo

Anual 1.872,00 MT
Semestral
Trimestral 468,00 MT
Mensal 156,00 MT
Semanal 27,00 MT

Jornal Desafio

Câmbio

Moeda Compra Venda
USD 59,83 60,97
ZAR 4,66 4,75
EUR 66,81 68,07

22.06.2017   Banco de Moçambique

Opinião & Análise

QUIS o destino que eu escalasse, há dias, a República do Sudão, ...
2017-06-24 08:33:52
FOI no Sazária que naquela manhã do segundo dia da minha estadia em ...
2017-06-24 08:31:46
OS dias que correm são bastante férteis em debates relacionados com a ...
2017-06-23 08:16:46
De tanto se falar dos famosos Mercedes Benz ora comprados para ...
2017-06-23 08:10:04
O OCIDENTE, com os Estados Unidos da América à cabeça, ...
2017-06-23 08:00:54

Conversas ao sábado

  • Publicidade_Versao_Imprensa

Quem está online?

Temos 1831 visitantes em linha