Imprimir
Categoria: Desporto
Visualizações: 3982

ÉRIC Abidal declarou no programa “Al primer toque” da rádio espanhola Onda Cero que agora - depois de superar a doença - está preparado para voltar a desfrutar do futebol.

“Agora sinto que tudo é um presente.

Qualquer pessoa no meu lugar tinha lutado de forma igual. Lutei pela minha família e pelo futebol”, começou por dizer.

E prosseguiu: “Estou muito orgulhoso por ser um exemplo de superação. Continuo neste mundo, estou muito contente. Essa é a mensagem que quero passar: Temos de aproveitar a sorte de estarmos vivos”.  

Abidal recordou ainda Tito Vilanova, antigo treinador do Barcelona, que perdeu na luta contra um cancro na glândula parótida.

“Lembro-me quando vinha na minha casa falar de futebol. Fiquei muito triste com o que se passou com ele. Ajudámo-nos um ao outro, mas nem sempre corre bem. Era muito boa pessoa e muito trabalhador”, disse.

O jogador do Olympiacos admitiu que gostaria de um dia voltar ao Barcelona. “Estou aberto a isso mas é o clube que decide. Barcelona é a minha cidade, o Barça é a minha equipa. Tenho um acordo com Rossell, mas não sei se isso vai servir no futuro”, comentou.