Director: Júlio Manjate   ||  Director(a) Adjunto(a): 

MOÇAMBIQUE conquistou mais uma medalha na manhã de ontem, através da corredora Denise das Dívidas, no atletismo adaptado, que cortou a meta em segundo lugar na prova dos 400 metros, na categoria T13.

A moçambicana percorreu a distância em 1.01.20 minutos contra 59.62 segundos de uma argelina que chegou em primeiro lugar.

Com esta medalha, o país já soma seis, sendo uma de ouro, três de prata, e duas de bronze.

A de ouro foi conseguida pela paraolímpica Edmilsa Governo, nos 200 metros, nos T12. Ainda nos 200 metros (T12), Maria Muchavo, conseguiu prata.

A outra medalha de prata, portanto a terceira, foi conseguida pela dupla masculina de vólei de praia, que perdeu na final com Angola.

As medalhas de bronze foram amealhadas por Edson Madeira no judo e pela pugilista Rady Gramane.

PÁTRIA AMADA OUVIU-SE BEM ALTO

O HINO Nacional, finalmente, foi tocado no majestoso Estádio de Brazzaville, enquanto a bandeira subia até ao topo do mastro. Todos ficaram em sentido para render homenagem às atletas paraolímpicos Edmilsa Governo e Maria Muchavo, que conquistaram respectivamente as medalhas de ouro e de prata, e cujas premiações só aconteceram ao princípio da tarde de ontem.

Lia-se no rosto das duas atletas a alegria que sentiam naquele momento, e esboçavam um sorriso de quem transmite a mensagem de missão cumprida. Havia razão para muita satisfação, uma vez que foram elas, principalmente a Governo, que carregou o país nas costas ao amealhar a medalha de maior quilate para toda a comitiva moçambicana.

GUILDO EM QUARTO NOS 400 METROS

GUILDO Azarias terminou em quarto lugar na final dos 400 metros, categoria T13. Correndo na quinta pista, o moçambicano fez a distância em 51.48 segundos, numa prova ganha por um namibiano, com 48.49.

Guildo Azarias qualificou-se para esta final em segundo lugar na segunda série com o registo de 51.66 segundos, pelo que melhorou a sua marca na prova de ontem.

BASQUETE TERMINA EM QUINTO E SEXTO

AS selecções nacionais de basquetebol masculino e feminino terminaram o seu torneio em quinto e sexto lugares, respectivamente. Nas classificativas, Moçambique, em masculinos, bateu o Congo, portanto o anfitrião, por 79-69.

Recorde-se que os moçambicanos ficaram em terceiro lugar na primeira fase, a de grupos, pelo que não conseguiram qualificar-se para a etapa seguinte, uma vez que seguiam em diante os primeiros dois de cada série.

Já em femininos, depois de derrotar a Costa do Marfim na tarde de quarta-feira, por 90-56, Moçambique perdeu ontem com os Camarões, 70-69, e foi relegado ao sexto lugar. Salientar que Moçambique havia perdido com este mesmo Camarões na fase de grupos, por 60-49.

RONDÃO QUALIFICA-SE

PITA Rondão qualificou-se ontem para a final dos 400 metros, na categoria T11. Com o registo de 53.78 segundos, Rondão só foi batido por um queniano que terminou com 53.19, numa prova em que tomaram parte quatro atletas.

Enquanto isso, Celso Simbine, na mesma especialidade, mas na série B, ficou em terceiro lugar, portanto fora da final, com 55.15 segundos, contra 51.63 dum namibiano, que chegou em primeiro.

GIL CARVALHO, em Brazzaville

Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Tomato Green Blue Cyan Dark_Red Dark_Blue

Body

Background Color
Text Color

Header

Background Color

Footer

Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family
Direction