Director: Júlio Manjate   ||  Directora Adjunta: Delfina Mugabe

A Croácia tornou-se na noite de ontem na quarta selecção a garantir presença nos oitavos-de-final do “Mundial” de futebol que decorre na Rússia, após bater sem piedade a Argentina de Lionel Messi por 3-0.

Num jogo que teve uma primeira parte intensa e com oportunidades de golos para ambas equipas, os croatas dominaram a segunda parte e construíram a vitória tranquilamente, também muito facilitada pelo adversário.

Uma vitória iniciada aos 53 minutos depois duma jogada infeliz do guarda-redes Caballero que ofereceu o esférico a Rebic, que prontamente rematou para o primeiro golo.

A Argentina acusou o golo e não mais se encontrou no encontro, limitando-se a circular a bola sem causar qualquer perigo à baliza adversária. Por isso, foi com naturalidade que Modric (81’) ampliou a vantagem e Rakitic (90’) fechou depois as contas, selando presença na fase a eliminar.

A Argentina está agora em apuros e dependente de terceiros para atingir os oitavos-de-final. Primeiro terá que esperar pelo desfecho da partida de hoje entre Nigéria e Islândia e ver o que acontece à mesma Islândia na última partida frente a Croácia. A selecção sul-americana pode despedir-se mesmo da prova no jogo com a Nigéria, no dia 26 de Junho.

Já estão apuradas para os oitavos-de-final as selecçõesda Rússia, Uruguai, França e Croácia.

Vitória mínima apura França aos “oitavos”

A França garantiu ontem um lugar nos oitavos-de-final do “Mundial”-2018, triunfando sobre o Peru por 1-0, em desafio da segunda jornada do Grupo “C”. Para além da qualificação gaulesa, este resultado ditou a eliminação da selecção sul-americana, que somou a sua segunda derrota.

Foi mais uma vitória pela margem mínima para a equipa orientada por Didier Deschamps, graças a um golo na primeira parte, aos 33ʼ, de KylianMbappé, o primeiro do avançado do PSG neste “Mundial” - os franceses já tinham sofrido para ganhar à Austrália por 2-1.

Com seis pontos, os franceses garantiram, assim, um dos dois primeiros lugares do agrupamento, tendo ainda de defrontar a Dinamarca (quatro pontos) em Moscovo. Já o Peru, neste seu regresso a uma fase final de um “Mundial” 36 anos depois, terá pela frente a Austrália, que ainda tem hipóteses de se qualificar.

No desafio Dinamarca-Austrália, para o mesmo grupo, Christian Eriksen (7’) ainda colocou a formação nórdica em vantagem, mas uma grande penalidade assinalada com recurso ao vídeo-árbitro deu hipótese a Jedinak (38’) de empatar a partida.
Este resultado impede a Dinamarca de confirmar desde já o apuramento para os oitavos-de-final, ficando a precisar de, pelo menos, um ponto no embate contra a França (26 de Junho). Já a Austrália somou o primeiro ponto e sobrevive a uma eliminação precoce e segue para a terceira jornada frente ao Peru com a possibilidade de apuramento.

Brasil no segundo teste

Após uma estreia pouco convincente – empate a um com a Suíça – o Brasil tem hoje o seu segundo teste na Rússia, frente a Costa Rica, a partir das 14:00 horas, em partida referente ao Grupo E.

Tal como na partida inaugural, o conjunto “canarinho” carrega consigo a responsabilidade de conquistar os três pontos e até com algum brilhantismo, mas, está visto, a prática pode ser diferente. A Costa Rica estreou-se com derrota, por 1-0, diante da Sérvia. Os sérvios jogam com a Suíça a partir das 20:00 horas.

Antes, a partir das 17:00 horas, para o Grupo D, a Nigéria tem oportunidade de redimir-se do arranque estéril contra a Croácia (derrota por 2-0), quando defrontar a Islândia, que impôs uma igualdade a um golo à Argentina.

Ronaldo supera Puskas

Mais um golo, mais um recorde batido por Cristiano Ronaldo. Frente a Marrocos, na segunda jornada do “Mundial”, o capitão de Portugal tornou-se no melhor marcador de sempre de selecções da Europa.

O tento de cabeça do craque luso, ao minuto cinco da partida frente ao conjunto africano, foi o 85.º marcado por CR7 na selecção portuguesa, ultrapassando o registo do lendário Ferenc Puskas, que marcou 84 golos pela selecção da Hungria.

Ronaldo está agora a 24 golos do iraniano Ali Daei, melhor goleador de sempre ao nível internacional.

Sábados

TEMA DE ...

A alegoria da caverna de Platão é esclarecedora quanto ...

CLICKADAS

...

José Craveirinha, o nosso poeta maior, escreveu: “O ...

Conselho de administração

Presidente: Bento Baloi

Administrator: Rogério Sitóe

Administrator: Cezerilo Matuce

Siga-nos

Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Tomato Green Blue Cyan Dark_Red Dark_Blue

Body

Background Color
Text Color

Header

Background Color

Footer

Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family
Direction