Director: Júlio Manjate   ||  Directora Adjunta: Delfina Mugabe

Opinião

Politica

A Resistência Nacional de Moçambique (Renamo) marcou a sua presença no primeiro dia da campanha, fazendo passeata pelas ruas e avenidas dos bairros da cidade de Maputo e Matola, ...

terça, 25 setembro 2018
Leia +

Economia

O paísvai tornar-se auto-suficiente no frango de corte, a partir do próximo ano, altura em que se espera uma produção nacional de 128 mil toneladas face a um consumo ...

sábado, 22 setembro 2018
Read more
Pub
SN

Desporto

Dois indivíduos contraíram ferimentos grave e ligeiro  num acidente de viação, ao fim da manhã de hoje, envolveundo o autocarro da ENH de Vilankulo, ...

terça, 25 setembro 2018
Leia +

Nacional

Nove professores de diferentes níveis de ensino concorrem para a presidência dos cinco municípios da província de Inhambane, nomeadamente, a capital provincial, Maxixe, ...

terça, 25 setembro 2018
Leia +

A PRESIDENTE da Assembleia da República, Verónica Macamo Dlhovu, defende a necessidade de o país construir pontes sólidas para as futuras gerações, deixando um legado de paz, coesão nacional e de felicidade.

 

Discursando ontem na abertura da VI Sessão Ordinária do Parlamento, Verónica Macamo Dlhovu apelou para que tudo seja feito no sentido de garantir que as gerações vindouras tenham motivo de orgulho, olhando para os feitos dos seus predecessores. Neste contexto, ela pediu aos seus pares para que, na sessão que ontem arrancou, saibam congregar sinergias e construir consensos para as questões estruturais e estruturantes, que ainda condicionam a democracia e o desenvolvimento do país.

“A democracia não é um sistema todo perfeito e acabado, mesmo em democracias com centenas de anos. Cada um de nós, no trabalho do dia-a-dia, vai tendo a oportunidade e o privilégio de acrescentar mais um tijolo para a consolidação da nossa jovem democracia e do nosso Estado democrático de Direito”, afirmou.

Verónica Macamo Dlhovu disse ser justa a expectativa dos moçambicanos de ver redobrada a produtividade do Parlamento e exortou os mandatários do povo para que saibam assumir, com zelo e dedicação, a honrosa missão.

Em relação à situação do país, a presidente da Assembleia da República apontou com preocupação e a título de exemplo os acontecimentos registados, recentemente, em Mocímboa da Praia, na província de Cabo Delgado, apelando às autoridades competentes para continuarem a investigar a ocorrência, visando apurar os mentores do crime, bem como as suas motivações para que tais actos não voltem a repetir-se.

“Queremos continuar a ser um país de gente pacífica, acolhedora e solidária. Um país com multiplicidade de culturas, respeito pela diferença, sem estigmatização baseada na cor, religião e etnia, como temos sido até agora. Queremos continuar a ver nas nossas diferenças uma riqueza que nos orgulha”, afiançou.

No quadro da cooperação internacional, pediu aos parceiros para que continuem na caminhada, visando a materialização dos projectos em prol da luta contra a pobreza, nomeadamente os que contribuem para a segurança alimentar, combate às doenças endémicas e empoderamento da mulher, em particular da rapariga, bem como a multiplicação de postos de trabalho.

Mais pormenores sobre a abertura da VI Sessão Ordinária da Assembleia da República na página seis desta edição.

Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Tomato Green Blue Cyan Dark_Red Dark_Blue

Body

Background Color
Text Color

Header

Background Color

Footer

Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family
Direction