Director: Júlio Manjate   ||  Director(a) Adjunto(a): 

Opinião

Politica

A POPULAÇÃO de Metarica, província do Niassa, repudia a actuação da administradora distrital, Edite Ramalho, acusando-a de práticas corruptas nos actos ...

domingo, 18 novembro 2018
Leia +

Nacional

Cerca de duas mil cabeças de gado bovino vão ser vacinadas na presente época 2018/19 no distrito de Magude, província de Maputo, com vista a conter o alastramento da febre ...

domingo, 18 novembro 2018
Leia +

Autárquicas 2018

A VOTAÇÃO nas oito mesas cujos resultados foram anulados pelo Conselho Constitucional na autarquia de Marromeu, em Sofala, deverá ser repetida até ao dia 25 de Novembro ...

quinta, 15 novembro 2018
Leia +
Pub
SN

Desporto

Mais quatro selecções, nomeadamente Mali, Nigéria, Marrocos e Argélia, garantiram, sábado, a qualificação para a fase final do Campeonato Africano das ...

domingo, 18 novembro 2018
Leia +

Economia

O Governador da província de Tete, Paulo Auade, recomendou há dia, a direcção da empresa Moçambique Leaf Tabaco a encontrar mecanismo de concertação ...

domingo, 18 novembro 2018
Read more

Tecnologias

A melhoria das cadeias de valor para a segurança alimentar e nutricional, assim como assegurar a gestão transparente e sustentável dos recursos naturais e do meio ambiente ...

domingo, 18 novembro 2018
Leia +

A reparação dos danos em infra-estruturas sociais e económicas devido à passagem de uma depressão tropical pela região norte do país vai custar pelo menos trezentos milhões de meticais, verba que cobre apenas as necessidades imediatas. Para já estão garantidos 189 milhões de meticais, a serem assegurados através do Orçamento do Estado.

Em contrapartida, segundo o quadro apresentado ontem no final da reunião do Conselho Coordenador de Gestão de Calamidades, o plano de contingência definido no ano passado fixa em um bilião de meticais o valor que deve ser empregue no alívio do cenário provocado pelas calamidades naturais, o que significa que um défice de cerca de 811 milhões de meticais, para cuja cobertura o executivo equaciona recorrer a parceiros de cooperação e doadores, a fim de assistir a mais de 7.800 pessoas afectadas.

Entre os grupos vulneráveis na província de Nampula, a mais afectada pela passagem da depressão tropical, contam-se 420 crianças dos zero a cinco anos de idade; mais 824 crianças em idade escolar, isto é, dos seis aos 17 anos; dez mulheres grávidas. No total estão 1900 pessoas alojadas em dois centros de trânsito erguidos nos distritos de Mossuril e Ilha de Moçambique.

A mitigação dos impactos do mau tempo nesta província está avaliada em mais de 120 milhões de meticais. Para a província de Cabo Delgado são necessários 180 milhões de meticais e outros mais de quatro milhões de meticais no Niassa, igualmente atingida pelo fenómeno.

No rescaldo do temporal, os números indicam mais de cinco mil casas destruídas totalmente e outras 8.506 parcialmente, nas três províncias, além de 813 que ficaram inundadas. Somam-se a estes prejuízos a interrupção de 16 vias de acesso, e a queda de 90 postes de linhas de transporte de energia eléctrica.

A produção agrícola também pode estar comprometida uma vez que foram perdidos mais de dois mil hectares de terra com culturas diversas. As acções em curso para atenuar os efeitos do desastre consistem na retirada voluntária das populações para locais seguros, além da criação de centros de trânsito para albergar pessoas sitiadas; reforço de medicamentos e mobilização da Unidade de Protecção Civil (UNAPROC) para apoiar no processo de resgate nas áreas críticas.

Nos últimos 10 dias registou-se uma precipitação acumulada de 500 milímetros, sobretudo na província de Nampula.

Segundo o Ministro das Obras Públicas, Habitação e Recursos Hídricos, Carlos Bonete Martinho, os próximos 14 dias serão marcados por chuvas normais acima do normal, com níveis que podem atingir entre 150 e 300 milímetros de precipitação acumulada, nas províncias de Nampula, Niassa, Cabo Delgado, norte da Zambézia e nordeste da província de Tete.

Na apresentação do quadro meteorológico, o ministro advertiu que as condições para a formação de ciclones ainda prevalecem no Canal de Moçambique. No cenário inverso, a zona sul do país vai conhecer chuvas normais tendentes a abaixo do normal.

Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Tomato Green Blue Cyan Dark_Red Dark_Blue

Body

Background Color
Text Color

Header

Background Color

Footer

Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family
Direction