O MINISTÉRIO dos Recursos Minerais e Energia (MIREME) aprovou recentemente um fundo destinado à construção de uma cozinha comunitária a gás natural, em Pambara, no distrito de Vilankulo, província de Inhambane.

Trata-se de um projecto da Empresa Nacional de Hidrocarbonetos (ENH), que irá beneficiar um grupo de vendedores de refeições ao longo da Estrada Nacional Número 1, concretamente em Pambara.

Ao todo, o valor aprovado é de cinco milhões de meticais, dos quais 3,1 milhões destinam-se a este projecto, a ser levado a cabo pela Unidade do Género da ENH, em coordenação com a unidade congénere do MIREME. A parte remanescente deste valor será usada na implementação de outros projectos ligados à área do género, incluindo campanhas de sensibilização da rapariga para aderir mais à formação na área de hidrocarbonetos.

Segundo a ENH, este projecto foi desenhado de modo a beneficiar, maioritariamente, mulheres que se dedicam à confecção de refeições num mercado de Pambara, ao longo da Estrada Nacional Número Um, para a venda a condutores e utentes da estrada que passam pelo local durante a sua viagem para diversos destinos do país.

A cozinha comunitária irá comportar uma área para a confecção de alimentos, refeitório e balneários.

Com este projecto, espera-se alargar a rede de gás para mais consumidores em Moçambique, contribuindo para a melhoria das condições de trabalho e de vida dos beneficiários.

“A cozinha comunitária terá muitas vantagens para a nossa actividade, porque passará a ser mais rápida a confecção dos alimentos e teremos possibilidades de atender a mais clientes”, disse Felismina Machava, uma das vendedeiras de refeições no mercado, falando durante as consultas realizadas no terreno antes da aprovação do orçamento.

A mesma opinião é partilhada por Amina Nhantumbo, que também gostaria de ver implementado o projecto da cozinha comunitária. “Eu acho que com a cozinha comunitária, irá reduzir o corte de lenha e o nosso trabalho será mais fácil e rápido. A outra vantagem da cozinha comunitária é que será fácil lavar as panelas depois do uso, uma vez que, contrariamente à lenha, o gás não provoca muito fumo”, disse ela.

Outras vantagens apontadas pelos entrevistados têm a ver com a melhoria da conservação dos alimentos e redução dos custos com a lenha. No que tange aos custos, actualmente gastam 60 meticais com o carvão ou 40 meticais com a lenha por dia, o que poderá reduzir consideravelmente com o pagamento de um valor simbólico pelo uso da cozinha.

Após a provação deste orçamento, seguirão outros trabalhos preparativos, com vista a iniciar a construção ainda no presente semestre.

Breves

Editorial

EDITORIAL
Sexta, 20 Outubro 2017
O PRESIDENTE da República, Filipe Nyusi, manifestou há dias, e de forma particularmente severa, a sua preocupação em relação aos elevados índices de corrupção que se registam no país, tanto no sector público quanto no... Ler mais..

Primeiro Plano

IMAGE
Embaixador da Rússia afirma: Se não tivéssemos...
Segunda, 23 Outubro 2017
DOS conflitos internacionais à política Russa para África, muitos temas podem ser assunto numa conversa com um representante de uma potência mundial. Foi isso que aconteceu na nossa conversa com o embaixador da federação russa em Moçambique. Ler mais..

Assim vai o mundo

Preçário dos jornais online

Anual 5.746,00 MT
Semestral
Trimestral 1.436,00 MT
Mensal 478,00 MT
Quinzenal 239,00 MT
Semanal
Diário 18,00 MT

Jornal Noticias

Anual 1.872,00 MT
Semestral
Trimestral 468,00 MT
Mensal 156,00 MT
Semanal 27,00 MT

Jornal Domingo

Anual 1.872,00 MT
Semestral
Trimestral 468,00 MT
Mensal 156,00 MT
Semanal 27,00 MT

Jornal Desafio

Câmbio

Moeda Compra Venda
USD 60,70 61,84
ZAR 4,43 4,51
EUR 71,53 72,88

11.10.2017   Banco de Moçambique

Opinião & Análise

E ENTÃO o meu amigo, muito andado pelas tascas de Rossio e do Chiado, a ...
2017-10-23 23:30:00
LOCALIZADA no extremo norte da província de Cabo Delgado, fazendo fronteira ...
2017-10-22 23:30:00
FRETILIN é nome de um dos movimentos que lutaram pela independência de ...
2017-10-22 23:30:00
NA semana passada vimos mais um acto mediatizado de demolições de ...
2017-10-22 23:30:00

Conversas ao sábado

  • Publicidade_Versao_Imprensa

Quem está online?

Temos 2079 visitantes em linha