O VOLUME de investimentos nacionais e estrangeiros continuou a aumentar significativamente ao longo deste ano na província de Sofala, conforme revelações da respectiva Governadora, Maria Helena Taipo.

Falando, recentemente, na vila do Búzi no decurso dos trabalhos do 1.º Conselho de Coordenação Provincial deste ano, a governante não forneceu mais detalhes sobre os montantes encaixados nem dados comparativos.

Contudo, consubstanciou que tal investimento tem vindo a contribuir para a realização da Carteira de Projectos do Plano de Desenvolvimento de Sofala fixado para o período 2010-2020.

Mesmo assim, recomendou que se estreite cada vez mais a coordenação entre o Centro de Promoção de Investimentos (CPI) e outros sectores do Governo para permitir maior controlo e eficácia na sua implementação.

A governadora de Sofala reiterou ainda que os Projectos de Investimentos devem conter de forma específica os aspectos relacionados com a responsabilidade social dos trabalhadores como um investimento necessário e não como um custo.

Na circunstância, Taipo condenou, veementemente, os maus-tratos protagonizados por alguns operadores florestais que continuam a pagar salários incompatíveis com a actividade exercida, a inobservância de algumas regras de higiene e segurança no trabalho, contratos de trabalho, assistência médica e medicamentosa, entre outras obrigações.

Para isso, insistiu na necessidade de maior operacionalidade da inspecção e fiscalização porque, na verdade, elas desempenham um papel relevante na prevenção de problemas e na tomada de medidas de correcção.

Tudo isto, na sua versão, requer do Instituto Nacional de Estatística e de todo o Governo uma atitude de coragem e determinação, conscientes da necessidade de prestação de serviços de melhor qualidade à população da província de Sofala.

Horácio João

Mais recentes

Breves

Editorial

EDITORIAL
Sexta, 20 Outubro 2017
O PRESIDENTE da República, Filipe Nyusi, manifestou há dias, e de forma particularmente severa, a sua preocupação em relação aos elevados índices de corrupção que se registam no país, tanto no sector público quanto no... Ler mais..

Primeiro Plano

IMAGE
Caia vira corredor de desenvolvimento
Quinta, 19 Outubro 2017
O ADMINISTRADOR do distrito de Caia, João Saize, considerou, há dias, em entrevista ao nosso Jornal, que nos últimos oito anos a região se transformou num verdadeiro corredor de desenvolvimento, com a entrada em funcionamento da Ponte Armando Guebuza, em Agosto de 2009. Ler mais..

Assim vai o mundo

Preçário dos jornais online

Anual 5.746,00 MT
Semestral
Trimestral 1.436,00 MT
Mensal 478,00 MT
Quinzenal 239,00 MT
Semanal
Diário 18,00 MT

Jornal Noticias

Anual 1.872,00 MT
Semestral
Trimestral 468,00 MT
Mensal 156,00 MT
Semanal 27,00 MT

Jornal Domingo

Anual 1.872,00 MT
Semestral
Trimestral 468,00 MT
Mensal 156,00 MT
Semanal 27,00 MT

Jornal Desafio

Câmbio

Moeda Compra Venda
USD 60,70 61,84
ZAR 4,43 4,51
EUR 71,53 72,88

11.10.2017   Banco de Moçambique

Opinião & Análise

HÁ alguns anos, o Governo do ex- presidente moçambicano, Joaquim ...
2017-10-20 23:30:00
MAIS um linchamento ocorreu ao princípio desta semana na cidade da Beira, ...
2017-10-20 23:30:00
TURMA, não posso ignorar esta chamada, serei rápido. Enquanto estou ...
2017-10-20 23:30:00
MOCÍMBOA da Praia, na província de Cabo Delgado, está desde ...
2017-10-19 23:30:00
Passam cerca de duas semanas que contei a história onde o personagem ...
2017-10-19 23:30:00

Conversas ao sábado

  • Publicidade_Versao_Imprensa

Quem está online?

Temos 1549 visitantes em linha