Director: Júlio Manjate   ||  Directora Adjunta: Delfina Mugabe

O USO apropriado dos rendimentos do futuro projecto de Gás Natural Liquifeito (LNG), na bacia do Rovuma, em Cabo Delgado, pode tornar Moçambique num líder do desenvolvimento africano e global.

Esta é a visão do Issa Baluch, especialista em logística e membro sénior do programa Iniciativa Avançada de Liderança da Universidade de Harvard, que neste momento, prepara um livro intitulado “Moçambique: A Estrela de África-2035”.

Baluch defende que para que o país seja líder terá de implementar políticas adequadas seguidas pelo desenvolvimento de infra-estruturas e uso apropriado dos rendimentos do futuro projecto de Gás Natural Liquifeito.

Acrescenta que as reservas de gás de Moçambique (200 triliões de pés cúbicos) vão tornar o país no terceiro maior produtor de LNG do mundo. Acredita, por isso que “com a orientação de pessoas como Lopes Ndelana, Joaquim Chissano, Armando Guebuza, e o actual presidente Filipe Nyusi, bem como da nova geração de tecnocratas de Moçambique, o país pode evitar a armadilha da “maldição do petróleo” de outros países africanos e realmente se tornar “A Estrela de África”.

“Conheci pela primeira vez Lopes Ndelana quando visitei Moçambique em 2010 como membro do Conselho de Administração de uma companhia petrolífera internacional que tinha interesses na exploração em Cabo Delgado. Desde o primeiro momento que o conheci fiquei encantado com a profundidade do seu conhecimento e a amplitude da sua experiência. O seu papel no movimento de independência, a sua ligação estreita com figuras políticas que eu só conhecia através da leitura da história, e a sua dedicação a uma causa que consumiu a sua vida fez-me querer conhecer pessoalmente este homem. Durante os últimos cinco anos este desejo foi realizado, e estabelecemos uma amizade pessoal e respeito mútuo”, refere Beluch.

Como um especialista em logística, Issa Beluch já escreveu dois livros sobre a matéria. Por causa das aulas sobre a História de Moçambique desenvolveu um desejo de escrever sobre este país.

“Nos meus dois primeiros livros, Logística de Transportes: A Roda de Comércio e Logística de Transportes: Passado, Presente e Previsões, um número de diferentes países são abrangidos, mas depois de inúmeras visitas a Moçambique e ver o potencial desse país, decidi escrever o meu terceiro livro sobre um único país; Logística de Transportes: “Moçambique A Estrela de África-2035”, acrescenta a fonte.

Sábados

TEMA DE ...

É um facto que as autoridades municipais, há anos, enfrentam ...

...

A INFÂNCIA e a arte são universos muito próximos. ...

Conselho de administração

Presidente: Bento Baloi

Administrator: Rogério Sitóe

Administrator: Cezerilo Matuce

Siga-nos

Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Tomato Green Blue Cyan Dark_Red Dark_Blue

Body

Background Color
Text Color

Header

Background Color

Footer

Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family
Direction