A campanhaagrícola 2016-17, cujo arranque oficial está agendado para o dia 28 do corrente mês, poderá resultar na colheita de cerca de 16 milhões de toneladas de culturas alimentares diversas, cifra que será catapultada pela mandioca e cereais, com 12.7 e 2.8 milhões de toneladas, respectivamente.

A informação foi disponibilizada, recentemente em Nampula, pelo director nacional da Agricultura e Silvicultura no Ministério da Agricultura e Segurança Alimentar (MASA), Mohomed Valá, acrescentando que nos cereais o milho terá uma forte expressão, com colheitas na ordem de 2.2 milhões de toneladas.

As colheitas dos vegetais poderão superar as 700 mil toneladas e das oleaginosas a cifra de 150 mil, numa safra em que o desafio é diversificar as culturas, por isso uma forte aposta nas hortícolas para garantir, por outro lado, a disponibilidade de alimentos nutritivos que asseguram a nutrição da população com níveis considerados de subnutrição crónica.

Questionado sobre as razões para estar optimista relativamente àcampanha agrícola 2016-17, Mahomed Valá afirmouque as indicações avançadas pelas entidades competentes, que apontam para o registo de chuvas normais em cerca 80 por cento do território nacional, vão contribuir para o pleno desenvolvimento das culturas.

Outro dado que eleva as expectativas do dirigente, relativamente ao sucesso da campanha agrícola 2016-17, relaciona-se com o fornecimento de serviços pelos centros de máquinas que, igualmente, assegura a transferência de tecnologias agrárias aos interessados.

Dos 129 centros de prestação de serviços agrários criados no país, 107 estão neste momento operacionais. Os restantes 22 têm o arranque das suas actividades condicionado àconclusão das formações dos respectivos gestores e operadores de máquinas, actualmente em curso, e o término está agendado para meados de Novembro próximo.

Os centros de serviços agrários em actividade garantiram a lavoura, até o momento, de cerca de três mil hectares de terras, que, adicionadas às áreas trabalhadas na campanha agrícola 2015-16, representam um incremento assinalável que vai crescer de forma contínua.

O MASA, com apoio de seus parceiros, tem estado a privilegiar a disponibilização de sementes melhoradas de culturas alimentares e de fertilizantes e pesticidas para conservação das culturas na fase pós-colheita para reduzir os níveis de perdas.

A adopção de sementes melhoradas garante, segundo Mohomed Valá, a produção e produtividade das culturas em particular alimentares, não só, para garantir a segurança e nutrição da população, como sua exposição ao mercado para colocação dos seus excedentes a preços competitivos, que garantam a arrecadação de receitas capazes de suprir parte das suas necessidades de forma gradual.

 

Mais recentes

Breves

Editorial

Editorial
Sexta, 22 Setembro 2017
O Governo decidiu, esta semana, avançar com uma proposta legislativa que preconiza um conjunto de medidas económicas destinadas a proteger o mercado, estimular novos investimentos, incentivar o consumo de matéria-prima local, alargar a base tributária e criar mais... Ler mais..

Primeiro Plano

IMAGE
CLIKADAS - Nunca é tarde !
Sábado, 23 Setembro 2017
“NUNCA é tarde”, ouve-se corriqueiramente este ditado popular mas, não obstante, estamos, sobretudo no meio urbano, pela sua dinâmica, sempre “stressados” para cumprir as metas que nunca acabam. Ler mais..

Assim vai o mundo

Preçário dos jornais online

Anual 5.746,00 MT
Semestral
Trimestral 1.436,00 MT
Mensal 478,00 MT
Quinzenal 239,00 MT
Semanal
Diário 18,00 MT

Jornal Noticias

Anual 1.872,00 MT
Semestral
Trimestral 468,00 MT
Mensal 156,00 MT
Semanal 27,00 MT

Jornal Domingo

Anual 1.872,00 MT
Semestral
Trimestral 468,00 MT
Mensal 156,00 MT
Semanal 27,00 MT

Jornal Desafio

Câmbio

Moeda Compra Venda
USD 60,77 61,93
ZAR 4,65 4,74
EUR 72,73 74,12

14.09.2017   Banco de Moçambique

Opinião & Análise

HOJE o assunto é o futebol, por duas motivações. A primeira, ...
2017-09-22 23:30:00
UM dos meus falecidos mestres de Jornalismo, o Augusto de Carvalho, disse um dia ...
2017-09-22 23:30:00
MATEI todos os estudantes que estavam na sala de aulas, um a um. Alvejei sem mirar, ...
2017-09-22 23:30:00
DEVERAS horripilante o que aconteceu, semana passada, na Escola Secundária de ...
2017-09-21 23:30:00
FOI mais ou menos desta forma que minha filha “entrou” nas ...
2017-09-21 23:30:00

Conversas ao sábado

  • Publicidade_Versao_Imprensa

Quem está online?

Temos 2422 visitantes em linha