Mulheres empresárias e empreendedoras desejam que pelo menos 30 porcento da prestação de serviços nas áreas de energia e recursos minerais sejam adjudicados a mulheres.

A pretenção foi apresentada ontem, em Maputo, num evento que tinha como objectivo saudar Letícia Klemens pela sua nomeação ao cargo de ministra dos Recursos Minerais e Energia.

É que para estas mulheres, sendo a timomeira desta pasta, Latícia Klemens pode junto do Governo e de quem é de direito influenciar para que mais mulheres participem de forma activa e que beneficiem dos projectos que estão a ser desenvolvidos nestas áreas.  

Na ocasião, as mulheres empreendedoras e empresárias, religiosas e de organizações da sociedade civil enalteceram o papel que Letícia Klemens desempenhou como presidente da Associação das Mulheres Empresárias e Empreendedoras (FEMME) na ramificação e desenvolviemnto de outras associações em Moçambique.

Encorajaram-na a prosseguir com profissionalismo e dedicação a nova tarefa que lhe foi confiada pelo Presidente da República e que busque sempre ser humilde e forte no trabalho.

“Com esta peneira separe o bom do mau. Não tenha medo do trabalho. Nós mulheres empreendedoras estamos contigo. Seja humilte e forte no trabalho como sempre foste”encorajou Joana Victorino, representante da Associação da Mulher Empreendedora da Matola, ao oferecer uma peneira.

Para Letícia Klemens a nomeação de mulheres para diversos cargos de chefia é sinal de que o governo está comprometido com a inclusão desta camada social não só por serem mulheres mas pela suas competências pois têm contribuído para o bem-estar do país.

Comprometeu-se a a trabalhar em consonância com o Plano Económico e Social e garantir a expansão da rede de energia eléctrica para que toda população tenha acesso a energia eléctrica em tempo útil.

O momento foi caraterizado por orações, dança e cânticos que motivam a mulher moçambicana no geral e a nova ministra, em particular, a ter fé e dedicação no que faz porque só assim é que consiguirá enfrentar as barreiras que forem a surgir pela frente.

Mais recentes

Breves

Editorial

EDITORIAL
Sexta, 23 Fevereiro 2018
A TRAGÉDIA que se abateu sobre a cidade de Maputo, na madrugada desta segunda-feira, matando 16 pessoas e ferindo outras tantas, em consequência do deslizamento do lixo nas proximidades do aterro de Hulene, chama à atenção para a necessidade de reflectirmos sobre o... Ler mais..

Primeiro Plano

IMAGE
Pressão social empurra meninas para uniões...
Sexta, 23 Fevereiro 2018
Raparigas da localidade de Massaca, distrito de Boane, queixam-se da pressão social e dizem que está na origem dos casamentos prematuros. Com efeito, é-lhes dito que estando no lar vão dignificar a família e a comunidade, e muitas cedem a este conselho que as empurra para um futuro incerto. Ler mais..

Assim vai o mundo

Preçário dos jornais online

Anual 5.746,00 MT
Semestral
Trimestral 1.436,00 MT
Mensal 478,00 MT
Quinzenal 239,00 MT
Semanal
Diário 18,00 MT

Jornal Noticias

Anual 1.872,00 MT
Semestral
Trimestral 468,00 MT
Mensal 156,00 MT
Semanal 27,00 MT

Jornal Domingo

Anual 1.872,00 MT
Semestral
Trimestral 468,00 MT
Mensal 156,00 MT
Semanal 27,00 MT

Jornal Desafio

Câmbio

Moeda Compra Venda
USD 58,31 59,47
ZAR 4,74 4,83
EUR 70,23 71,64

25.01.2018   Banco de Moçambique

Opinião & Análise

PARECE haver motivos bastantes para emprestar as palavras do polémico ...
2018-02-24 00:30:00
O SONO é um veneno que embriaga, paralisa o corpo, corta os movimentos e guia ...
2018-02-24 00:30:00
“Ide por todo o mundo, anunciai a Boa Nova a toda criatura” – Mc ...
2018-02-23 00:30:00
Há reportagens antigas  – nos jornais e televisões -  ...
2018-02-23 00:30:00
SÓ posso começar o presente texto dizendo mesmo isto: INAE, já ...
2018-02-23 00:30:00

Conversas ao sábado

  • Publicidade_Versao_Imprensa

Quem está online?

Temos 1986 visitantes em linha