Director: Júlio Manjate   ||  Directora Adjunta: Delfina Mugabe

A transferência de famílias para dar lugar à construção da vila de reassentamento em Palma, província de Cabo Delgado, vai iniciar ainda este ano, no quadro do projecto de exploração de gás natural na bacia do Rovuma.

O facto foi anunciado pela Governadora da província de Cabo Delgado, Celmira da Silva, que garantiu que o processo está numa fase bastante avançada.

Falando no quadro da realização da Feira Internacional de Maputo, FACIM, a decorrer até amanhã Ricatla, distrito de Marracuene, Celmira da Silva disse que já foi seleccionada a empresa que vaiconstruir as casas, escusando-se, contudo, aavançar o número total de pessoas a serem movimentadas.

A Governadora garantiu ainda que, neste momento, “há uma enorme interação com as famílias abrangidas, as quais mostram-se satisfeitas com as condições apresentadas para o seu reassentamento”.

“Temos estado a discutir todos os detalhes com a população, desde os aspectos religiosos, tipo de habitação e projectos de autossustento, pois pretendemos fazer o que as próprias comunidades recomendam”, explicou.

A fonte indicou também que o Governo de Cabo Delgado está a trabalhar no sentido de atrair mais investimentos para o sector da agricultura como forma de criar bases para assegurar o abastecimento de alimentos a milhares de pessoas que vão demandar a região como resultado da exploração mineira.

Neste contexto, Celmira da Silva disse acreditar que a indústria do gás vai criar uma grande dinâmica, não só no que respeita àexploração, mas também nos sectores que servirão de suporte  para a extracção do hidrocarboneto.

Apontou que um dos maiores ganhos que a província espera desta operaçãoé a criação de postos de emprego, mais rendimentospara as famíliase maior arrecadação de receitas provenientes dos impostos.

“Aexploração do gás vai desencadear dinâmicas que suportarão a economia da província ao activar outras áreas, porquenão se pode viver apenas do gás. As pessoas que trabalharem no gás necessitarão de alimentos e outros serviços, pelo que temos que nos preparar para atender a estas necessidades”, referiu.

Explicou ainda que, para a concretização destes objectivos, o Governo da província tem mantidocontactos regulares com a população por entender que existe uma necessidade das comunidades locais estarem conscientes das transformações quesurgirãoem resultado da exploração dos recursos naturais.

Na presente edição da FACIM, a província de Cabo Delgado está a busca de investidores para as suas potencialidades que incluem o turismo, agricultura, pesca, indústria transformadora, entre outras. 

Sábados

CLICKADAS

TEMA DE ...

A multiplicidade étnica e religiosa é, sem dúvida, uma ...

...

A busca por um sistema educacional que incluísse as línguas, ...

Conselho de administração

Presidente: Bento Baloi

Administrator: Rogério Sitóe

Administrator: Cezerilo Matuce

Siga-nos

Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Tomato Green Blue Cyan Dark_Red Dark_Blue

Body

Background Color
Text Color

Header

Background Color

Footer

Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family
Direction