Director: Júlio Manjate   ||  Directora Adjunta: Delfina Mugabe

A cidade de Maputo empregou ao longo do primeiro trimestre do presente ano 10.861 candidatos contra 4.220 em período igual ao do ano passado facto que, segundo a governadora, Iolanda Cintura, é prenúncio de resultados mais satisfatórios caso prevaleça este ritmo.

Falando ontem em Maputo, na abertura do Fórum de Consulta e Concertação Social da Cidade de Maputo (FOCCOS), Cintura anunciou que o governo projecta empregar no corrente ano cerca de 54 mil pessoas.

Segundo Cintura, em 2017 a cidade de Maputo criou mais de 52 mil novos postos de trabalho, contra 29 mil planificados e formou 19 mil cidadãos para o emprego e auto-emprego, contra 17 mil estabelecidos na meta.

Reunindo representantes dos sindicatos, governo e empregadores, numa sessão que terminou ainda ontem, o FOCCOS da Cidade de Maputo propõe-se a passar em análise entre outros temas, a aplicação de sanções disciplinares, segurança social obrigatória, inclusão social e económica das pessoas com deficiências e uniformização de taxas de pareceres sindicais.

“O FOCCOS da Cidade de Maputo tem sido um exemplo de busca conjunta de soluções para os problemas dos empregadores, trabalhadores e dos cidadãos em geral, através de diálogo e de ideias concertadas para cada tipo de situação”, disse a governadora.

Segundo ela, os resultados alcançados durante o ano transacto, em termos de diálogo e propostas para a melhoria da governação e das condições de vida dos cidadãos, “levam-nos a reassumirmos esse compromisso como forma de buscar consensos e firmar parcerias inteligentes para a resolução de assuntos vitais”.

A intervenção activa do sector produtivo, aliada à entrada de mais investimentos, quer externos, quer internos, permitiu a Cidade de Maputo atingir resultados satisfatórios no âmbito do Plano Económico e Social, que ultrapassaram a expectativa, sobretudo no que concerne as metas estabelecidas.

“Continuamos a encorajar o movimento sindical a prosseguir a sua luta abnegada em defesa dos direitos consagrados na Constituição da República e, mais concretamente, na legislação laboral vigente, através do diálogo social a todos os níveis, dentro do quadro do processo democrático instituído, rumo ao trabalho digno e à melhoria das condições de vida da massa laboral e da sociedade em geral”, referiu.

Sábados

...

TEMOS dito muitas vezes, aqui, que continuam enganados aqueles que pregam o ...

TEMA DE ...

O RESPEITO pelo bom profissional de saúde, reconhecendo publicamente ...

CLICKADAS

Conselho de administração

Presidente: Bento Baloi

Administrator: Rogério Sitóe

Administrator: Cezerilo Matuce

Siga-nos

Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Tomato Green Blue Cyan Dark_Red Dark_Blue

Body

Background Color
Text Color

Header

Background Color

Footer

Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family
Direction