Director: Júlio Manjate   ||  Director(a) Adjunto(a): 

O Governo moçambicano e a Exxon Mobil vão assinar, em Setembro, um contrato para a prospecção e pesquisa de petróleo, no âmbito do quinto concurso internacional lançado em 2014, disse ontem o presidente do Instituto Nacional de Petróleo (INP).

Carlos Zacarias afirmou, em declarações à imprensa em Maputo, que a Exxon Mobil vai realizar a prospecção e pesquisa de gás no distrito de Angoche, província de Nampula, no quadro do acordo que vai rubricar com o executivo moçambicano.

Além da Exxon Mobil, as autoridades moçambicanas seleccionaram consórcios liderados pela italiana Eni e pela sul-africana Sasol, no quinto concurso internacional de prospecção e pesquisa de hidrocarbonetos.

O presidente do INP adiantou que 700 milhões de dólares (590 milhões de euros) serão investidos pelas empresas envolvidas no quinto concurso internacional.

Carlos Zacarias assinalou que a demora na assinatura dos contratos de concessão deve-se ao facto de as companhias terem solicitado a alteração dos modelos de contrato para conformá-los com os termos do concurso.

As empresas também pediram ao Governo a remoção da obrigatoriedade de inscrição na Bolsa de Valores de Moçambique.

O quinto concurso internacional para a prospecção, pesquisa e exploração petrolífera foi lançado em Outubro de 2014 em Londres.

As referidas empresas já detêm outras concessões de gás natural em Moçambique e a participação no quinto concurso vai marcar o reforço da sua presença no país.

(Lusa)

Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Tomato Green Blue Cyan Dark_Red Dark_Blue

Body

Background Color
Text Color

Header

Background Color

Footer

Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family
Direction