Já estão a caminho de Moçambique duas aeronaves (Boeing 738, com 154 lugares, e outro Q400) com que a Ethiopian Mozambique Airlines , decidiu responder a uma crise operacional gerada pela avaria em menos de uma semana dos seus dois Bombardiers Q 400 Next G, um em Tete e outro na Beira, de acordo com o diário electronico “Carta”.

O jornal recebeu as imagens da partida das aeronaves de Addis, ontem à tarde, sendo que  o Boeing terá aterrado em Maputo às 20 horas .

O “Carta”escreve que a EMA decidiu dar assim volta a uma percepção que já se estava a enraizar de que ela não abraçou o mercado moçambicano com seriedade. Com a vinda das novas aeronaves, a EMA vai passar a dispor de quatro aparelhos baseados em Maputo. As novas aeronaves já ostentam a bandeira local e o nome "Ethiopian Moçambique".

 Redi Yesuf Muktar, o CEO da EMA, concedeu uma entrevista à "Carta", onde explicou parte da estratégia para agarrar o mercado e diz que “Nacala é uma questão de tempo”.

 

Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Tomato Green Blue Cyan Dark_Red Dark_Blue

Body

Background Color
Text Color

Header

Background Color

Footer

Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family
Direction