A PROVÍNCIA de Nampula está à busca de caminhos para tornar-se auto-suficiente no que diz respeito à produção do arroz.

Esse objectivo deve ser alcançado a médio prazo e para o efeito está em fase de estabelecimento nos distritos de Angoche e Moma um projecto de investigação científica visando apurar sementes de arroz de variedade com alto nível de produtividade e transferência do resultado para dois mil produtores do sector familiar.

O nosso Jornal apurou que, para operacionalização da iniciativa, os governos moçambicano e indiano desembolsaram 20 milhões de dólares norte-americanos, montante que cobre as províncias de Nampula, Gaza, Sofala, Manica e Tete.

No distrito de Angoche o projecto vai centrar-se na localidade de Parta, enquanto no vizinho Moma estará concentrado nos postos administrativos de Mucuali e Larde, incluindo a localidade de Mirrupi.

Trata-se de distritos com potencial invejável para a produção de arroz, beneficiando do facto de ser atravessado por rios com caudal considerável, sendo que na maioria dos seus afluentes foram construídas represas para acondicionamento de água para irrigação.

No posto administrativo de Boila-Namitória, em Angoche, está projectado um centro que vai garantir a realização de pesquisas científicas em torno da cultura de arroz. No local já foi concentrada parte dos equipamentos agrícolas que serão usados para trabalhar os campos agrícolas para investigação, sendo que o custo de formação está repartido entre os dois Governos.

Soubemos ainda que técnicos indianos especializados na produção da cultura de arroz são esperados próximo mês em Angoche para início das suas actividades. Segundo apurámos, estes terão a responsabilidade de formar localmente os produtores que mais se evidenciarem na adopção das novas tecnologias de produção de arroz.

Para a criação de uma base local de recursos humanos experimentados na produção da cultura de arroz está prevista uma capacitação e troca de experiências que deverá acontecer na Índia, onde tomarão parte os melhores produtores de Angoche e Moma.

Estão envolvidas nesta abordagem várias instituições estatais e não-governamentais, sendo de destacar os Ministérios da Ciência e Tecnologia, da Agricultura e instituições subordinadas, sobretudo o Instituto de Investigação Agronómica de Moçambique, com envolvimento de instituições do Ensino Superior públicas e privadas.

Nos últimos anos os distritos de Angoche e Moma, que possuem um potencial agro-geológico para a produção de arroz mostram uma tendência de evolução relativamente àquela cultura. Dados relativos à última campanha agrícola apontam que cerca de 25 mil toneladas de arroz foram colhidas por parte das 12.500 famílias envolvidas na produção.

No entanto, a questão de fundo continua a ser a baixa produtividade, pois actualmente ronda as cerca de duas toneladas por hectare.

Mais recentes

Breves

Editorial

EDITORIAL
Sexta, 23 Fevereiro 2018
A TRAGÉDIA que se abateu sobre a cidade de Maputo, na madrugada desta segunda-feira, matando 16 pessoas e ferindo outras tantas, em consequência do deslizamento do lixo nas proximidades do aterro de Hulene, chama à atenção para a necessidade de reflectirmos sobre o... Ler mais..

Primeiro Plano

IMAGE
Pressão social empurra meninas para uniões...
Sexta, 23 Fevereiro 2018
Raparigas da localidade de Massaca, distrito de Boane, queixam-se da pressão social e dizem que está na origem dos casamentos prematuros. Com efeito, é-lhes dito que estando no lar vão dignificar a família e a comunidade, e muitas cedem a este conselho que as empurra para um futuro incerto. Ler mais..

Assim vai o mundo

Preçário dos jornais online

Anual 5.746,00 MT
Semestral
Trimestral 1.436,00 MT
Mensal 478,00 MT
Quinzenal 239,00 MT
Semanal
Diário 18,00 MT

Jornal Noticias

Anual 1.872,00 MT
Semestral
Trimestral 468,00 MT
Mensal 156,00 MT
Semanal 27,00 MT

Jornal Domingo

Anual 1.872,00 MT
Semestral
Trimestral 468,00 MT
Mensal 156,00 MT
Semanal 27,00 MT

Jornal Desafio

Câmbio

Moeda Compra Venda
USD 58,31 59,47
ZAR 4,74 4,83
EUR 70,23 71,64

25.01.2018   Banco de Moçambique

Opinião & Análise

PARECE haver motivos bastantes para emprestar as palavras do polémico ...
2018-02-24 00:30:00
O SONO é um veneno que embriaga, paralisa o corpo, corta os movimentos e guia ...
2018-02-24 00:30:00
“Ide por todo o mundo, anunciai a Boa Nova a toda criatura” – Mc ...
2018-02-23 00:30:00
Há reportagens antigas  – nos jornais e televisões -  ...
2018-02-23 00:30:00
SÓ posso começar o presente texto dizendo mesmo isto: INAE, já ...
2018-02-23 00:30:00

Conversas ao sábado

  • Publicidade_Versao_Imprensa

Quem está online?

Temos 1950 visitantes em linha