O Partido Frelimo reuniu-se, de 26 de Setembro a 2 de Outubro corrente, na cidade da Matola, no seu XI Congresso. Embora tratando-se de um evento eminentemente partidário, não escapa à atenção da sociedade, pelo impacto e relevância que as decisões saídas terão na vida dos moçambicanos, independentemente da sua filiação política.

Na verdade, sendo a Frelimo o partido no poder, o programa que discutiu e aprovou naquela reunião tem uma forte correlação com os moçambicanos, uma vez que vai orientar os passos que o país deverá dar no curto e médio prazos, nos domínios social, económico, político e cultural.

A proclamação do Presidente Filipe Nyusi, como candidato da Frelimo para as eleições presidenciais de 2019, é um dos indicadores da relevância futura das decisões deste Congresso, uma vez que fornece bases para a consolidação das dinâmicas internas do partido e uma preparação mais orientada do partido para o sufrágio universal que se avizinha.

O exercício de refrescamento dos órgãos sociais do partido através de uma democracia interna, que cresce e melhora a olhos vistos, pode ser visto como um exemplo a ser tido em conta não só por outras formações políticas como pelo país, no seu todo.

Ficou à vista de todos o enorme compromisso daquele partido com o desenvolvimento da democracia como modelo de convivência social, uma perspectiva que, no fim do dia, ficou claro que acolhe consenso de todos, a medir pela entrega com que vimos decorrerem processos democráticos para a eleição dos membros do Comité Central, do Comité de Verificação, o Secretário-geral do partido, o secretariado do Comité Central e a Comissão Política.

Resultado da observância do princípio de renovação na continuidade, vimos os órgãos do partido Frelimo serem rejuvenescidos por novas caras, com visões e perspectivas distintas em relação ao partido, ao país e ao seu povo. A nossa crença é que esta miscelânea de gerações e de perspectivas, venha a favorecer o aperfeiçoamento dos métodos de actuação e o próprio debate no seio desta formação política.

Ficou, por assim dizer, claro para todos os membros, que qualquer um deles é importante e pode dar o seu contributo para o crescimento do partido, em particular, e do país, em geral.

Achamos particularmente profundo o discurso que o Presidente Filipe Nyusi apresentou na abertura do encontro, no qual não só traçou as principais linhas de orientação da sua perspectiva político-partidária, como também mostrou luzes sobre o que considera fundamental e prioritário num país como o nosso.

Ao apontar a corrupção como principal inimigo do desenvolvimento, Filipe Nyusi levou o congresso a compreender a importância que há de se cortar este mal pela raiz, considerando que ela é um dos maiores entraves ao desenvolvimento do país.

Sentimos, neste congresso, que a Frelimo tem clareza nos seus objectivos e lucidez nos caminhos a percorrer, razão porque chamou ao debate a questão da paz, ela que está intrinsecamente ligada à paz. Essa é a razão de todo o empenho que temos vindo a testemunhar de Filipe Nyusi, ele que “assume praticamente todas as despesas quando o assunto é a pacificação do país.

E não temos dúvidas que a Frelimo fez as melhores escolhas, criando condições de base para o país avançar.

Cabe agora aos membros e militantes da Frelimo arregaçar as mangas e trabalhar, sem complexos e qualquer retraimento, pelo desenvolvimento de Moçambique, cuja bandeira cobre a todos nós sem qualquer tipo de discriminação.

O que nos parece fundamental nesta fase é que os moçambicanos estejam alinhados no projecto que o congresso da Frelimo apontou como o caminho a seguir. E não importa que o sinal ou a proposta tenha vindo da Frelimo. O que mais importa, em nossa opinião, é que os moçambicanos se identifiquem com o objectivo final de alcançar a Unidade, Paz e Desenvolvimento, porque acreditamos que esse é, na verdade, o mais profundo de todos os seus desejos.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Câmbio

Moeda Compra Venda
USD 60,70 61,84
ZAR 4,43 4,51
EUR 71,53 72,88

11.10.2017   Banco de Moçambique

Opinião & Análise

HÁ alguns anos, o Governo do ex- presidente moçambicano, Joaquim ...
2017-10-20 23:30:00
MAIS um linchamento ocorreu ao princípio desta semana na cidade da Beira, ...
2017-10-20 23:30:00
TURMA, não posso ignorar esta chamada, serei rápido. Enquanto estou ...
2017-10-20 23:30:00
MOCÍMBOA da Praia, na província de Cabo Delgado, está desde ...
2017-10-19 23:30:00
Passam cerca de duas semanas que contei a história onde o personagem ...
2017-10-19 23:30:00