O SENADOR filipino, Antonio Trillanes, acusou hoje, quinta-feira, o Presidente do país, Rodrigo Duterte, de possuir 48 milhões de euros em contas não declaradas, exigindo-lhe que torne público o seu historial bancário.

“Mostre-me o valente que é e prove que estou equivocado”, afirmou o deputado, um dos políticos mais críticos da administração do Presidente filipino, Rodrigo Duterte, durante uma conferência de imprensa, em Manila, na qual apresentou provas que diz sustentarem a sua acusação.

Os documentos sobre os fundos bancários, que o gabinete do senador facultou à agência Efe, contêm registos de supostas contas bancárias da propriedade do Presidente, de 2006 a 2015, período em que era autarca de Davao, das quais os seus três filhos adultos e a sua actual mulher, Honeylet Avanceña, também são titulares.

Na sua campanha como candidato à vice-presidência nas eleições de Maio do ano passado, Trillanes denunciou que Duterte tinha acumulado, sem declarar, grandes quantidades de dinheiro de procedência duvidosa.

O então autarca de Davao rejeitou as acusações e defendeu a sua inocência.

“Afirmou que me ia demonstrar que estou equivocado, mas passaram-se nove meses e não vi nada, pelo que, senhor Presidente, é já chegada a hora. Não vou deixar o assunto passar em branco”, frisou Trillanes.

O Presidente das Filipinas ainda não reagiu, mas o seu porta-voz, Ernesto Abella, tentou minimizar a acusação, considerando que se procura “desenterrar assuntos que já foram resolvidos”.

“Se Trillanes realmente pensa assim, talvez deva contactar as autoridades competentes para o demonstrar”, acrescentou.

Mais recentes

Breves

Editorial

Editorial
Sexta, 18 Agosto 2017
A NOTÍCIA sobre a suspensão da importação, pela Índia, do feijão-bóer caiu que nem uma bomba para todos quanto investiram na cadeia de valor deste produto, por terem acreditado que se estava perante uma grande oportunidade para ter algum rendimento. Ler mais..

Primeiro Plano

IMAGE
Nampula em foco: Tijolo a tijolo Murrupula vai...
Quinta, 17 Agosto 2017
O DISTRITO de Murrupula, na província de Nampula, está a implementar um programa de massificação de uso de tijolo queimado na construção de infra-estruturas, com destaque para habitações da população, escolas, unidades sanitárias e estabelecimentos comerciais, facto que se reflecte na mudança da vida do distrito. Ler mais..

Assim vai o mundo

Preçário dos jornais online

Anual 5.746,00 MT
Semestral
Trimestral 1.436,00 MT
Mensal 478,00 MT
Quizenal 239,00 MT
Semanal
Diário 18,00 MT

Jornal Noticias

Anual 1.872,00 MT
Semestral
Trimestral 468,00 MT
Mensal 156,00 MT
Semanal 27,00 MT

Jornal Domingo

Anual 1.872,00 MT
Semestral
Trimestral 468,00 MT
Mensal 156,00 MT
Semanal 27,00 MT

Jornal Desafio

Câmbio

Moeda Compra Venda
USD 60,73 61,93
ZAR 4,52 4,61
EUR 71,32 72,73

08.08.2017   Banco de Moçambique

Opinião & Análise

HÁ alguns anos que tenho tido o privilégio de fazer a cobertura das ...
2017-08-18 23:30:00
NA próxima quarta-feira os angolanos vão a voto, naquilo será o ...
2017-08-18 23:30:00
HÁ dias meti o meu “flash” num computador da faculdade e todos ...
2017-08-18 23:30:00
A IMPRENSA moçambicana tornou público recentemente, a possibilidade de ...
2017-08-17 23:30:00
HOJE queremos, neste espaço, homenagear milhares de crianças ...
2017-08-16 23:30:00

Conversas ao sábado

  • Publicidade_Versao_Imprensa

Quem está online?

Temos 1605 visitantes em linha