PELO menos 13 pessoas morreram este domingo num deslizamento de terras, que arrastou um pequeno autocarro para um abismo, na região de Nariño, próximo da fronteira da Colômbia com o Equador, informaram fontes oficiais.  O deslizamento ocorreu num sítio conhecido como o ‘Nariz do Diabo’, ao quilómetro 66 da estrada entre Pasto, a capital da região, e Tumaco. De acordo com a imprensa local, as autoridades de socorro já resgataram dez corpos. Os trabalhos de busca foram suspensos durante a noite e serão retomados esta manhã (hora de Lisboa). É ainda desconhecido o número de passageiros que viajavam no veículo.

PELO menos 22 corpos foram removidos do hotel de Cabul, no Afeganistão, atacado neste fim-de-semana pelos talibãs e alguns serão difíceis de identificar por estarem calcinados, de acordo com um novo relatório do Ministério da Saúde. "Vinte e dois corpos foram levados para hospitais, especialmente para serem identificados. Alguns desses corpos estão tão calcinados que serão precisos testes de DNA para reconhecê-los", disse à Agência France Presse (APS) Wahid Majroh, porta-voz do ministério. O anterior relatório oficial do Ministério do Interior indicava a existência de 18 mortos, incluindo 14 estrangeiros, e 10 feridos. O ataque de sábado teve como alvo o Hotel Intercontinental em Cabul, uma unidade hoteleira de luxo que é muito frequentada por estrangeiros e por políticos afegãos, e só terminou mais de 12 horas depois. Um grupo de atacantes entrou no hotel pouco depois das 21:00 locais (19:30 de Maputo) de sábado e fez explodir uma granada para abrir caminho antes de começar a disparar sobre seguranças e clientes.

O REPATRIAMENTO gradual de mais de 680 mil rohingyas atualmente refugiados no Bangladesh para a Birmânia, previsto arrancar hoje, foi ontem adiado por falta de resolução de várias questões, incluindo as garantias de segurança para esta minoria muçulmana. O Bangladesh e Myanmar assinaram no passado dia 23 de Novembro um acordo que previa começar, num prazo de dois meses, o processo de repatriamento de mais de 680 mil rohingyas que estão refugiados desde meados de Agosto no território bangali. Estes refugiados são oriundos do Estado de Rakhine (oeste de Myanmar) e fugiram depois de terem sido vítimas de uma campanha de repressão por parte do exército birmanês. O comissário para a Ajuda e Repatriamento de Refugiados do Bangladesh, Abul Kalam, explicou, à EFE, que ainda falta concretizar muitas coisas para iniciar o processo.

A ORGANIZAÇÃO para a Libertação da Palestina (OLP) condenou ontem a intervenção do vice-presidente dos Estados Unidos no parlamento israelita (conhecido como Knesset), qualificando o discurso como “messiânico” e “um presente para os extremistas”. Mike Pence assegurou ontem no Knesset que a embaixada norte-americana em território israelita, actualmente instalada em Telavive, estará a funcionar em Jerusalém antes do final de 2019, apesar da indignação palestina e da condenação internacional face à decisão do Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, de reconhecer aquela cidade como capital de Israel. “Este discurso messiânico é (…) a prova de que a administração norte-americana faz parte do problema e não da solução”, escreveu o “número dois” da OLP, Saeb Erakat, na conta oficial da organização na rede social Twitter.

O PRESIDENTE da República timorense recebe hoje, separadamente, os partidos com assento parlamentar antes de ouvir o Conselho de Estado, no que serão os derradeiros contactos antes de decidir uma solução para o impasse político em Timor-Leste. Em comunicado divulgado ontem, a Presidência da República explica que os partidos serão ouvidos separadamente e por ordem de tamanho a partir das 09:00 locais (02:00 em Maputo), com Francisco Guterres Lu-Olo a receber primeiro uma delegação da Frente Revolucionária do Timor-Leste Independente (Fretilin). Na quarta-feira, o Presidente reúne o Conselho de Estado pela primeira vez desde que foi eleito em março de 2017. Desde outubro do ano passado, recorda o comunicado, Lu-Olo ouviu "várias entidades, como confissões religiosas, representantes dos veteranos, representantes de organizações de juventude da resistência, outras organizações da sociedade civil e organizações estudantis", para "poder pôr termo ao impasse político surgido depois da formação do VII Governo Constitucional".

O CONGRESSO Nacional Africano (ANC, partido no poder na África do Sul) confirmou ontem estar a discutir a “partida antecipada” do chefe de Estado sul-africano, Jacob Zuma, sem, porém, indicar qualquer data para uma decisão. “Consensualizámos que o tema está nas mãos dos responsáveis (do ANC), o Presidente Zuma e o presidente do partido (Cyril) Ramaphosa. Não há qualquer data limite”, afirmou à imprensa o secretário-geral do ANC, Ace Magashule. “Não há uma decisão tomada para demitir Jacob Zuma. Não há um prazo. Não funcionamos dessa forma (…). Temos de dar tempo ao ANC para discutir os problemas. Não tomamos uma decisão para dizer que o Presidente Zuma deve partir ou o Presidente Zuma deve ficar”, acrescentou. No poder desde o fim oficial do regime de segregação racial (“apartheid”), em 1994, o ANC tem visto a sua popularidade descer nos últimos anos, minado por acusações de corrupção que pesam sobre Zuma e pelas persistentes dificuldades económicas.

Breves

Editorial

EDITORIAL
Quinta, 18 Janeiro 2018
TAL como acontece todos os anos, o país volta a ser flagelado por chuvas intensas, regra geral acompanhadas de ventos fortes que derrubam tudo ou quase tudo, por onde sopram, enquanto a água multiplica os caudais dos rios que transbordam, inundam extensas áreas e destroem... Ler mais..

Primeiro Plano

IMAGE
Cuba: Uma ponte para produtos culturais...
Terça, 23 Janeiro 2018
Moçambique foi à Cuba beber da experiência deste país latino-americano no que diz respeito à organização de feiras de artesanato e comercialização de produtos culturais. Ler mais..

Assim vai o mundo

Preçário dos jornais online

Anual 5.746,00 MT
Semestral
Trimestral 1.436,00 MT
Mensal 478,00 MT
Quinzenal 239,00 MT
Semanal
Diário 18,00 MT

Jornal Noticias

Anual 1.872,00 MT
Semestral
Trimestral 468,00 MT
Mensal 156,00 MT
Semanal 27,00 MT

Jornal Domingo

Anual 1.872,00 MT
Semestral
Trimestral 468,00 MT
Mensal 156,00 MT
Semanal 27,00 MT

Jornal Desafio

Câmbio

Moeda Compra Venda
USD 58,31 59,47
ZAR 4,74 4,83
EUR 70,23 71,64

08.01.2018   Banco de Moçambique

Opinião & Análise

E A rebocada que levei, agradável no entanto, já que imaginada. Suave, ...
2018-01-22 21:31:40
Amanhã é dia de votação em Nampula, para a escolha do ...
2018-01-22 21:29:44
Agora que a Polícia Municipal decidiu abrir uma frente contra aqueles ...
2018-01-21 22:30:09
HÁ alguns anos, já não me lembro em que  âmbito, eu ...
2018-01-19 21:49:33
O presente campeonato africano de futebol a decorrer em Marrocos, onde infelizmente ...
2018-01-19 21:47:56

Conversas ao sábado

  • Publicidade_Versao_Imprensa

Quem está online?

Temos 1345 visitantes em linha