MAIS de 7.600 assassinatos foram registados no México no primeiro trimestre deste ano, um aumento de quase 20% face ao mesmo período do ano passado, que foi o ano mais violento nas últimas duas décadas. De acordo com dados oficiais domingo divulgados, citados pela Agência France Presse (AFP), autoridades contabilizaram este ano 2.549 assassinatos em Janeiro, 2.389 em Fevereiro e 2.729 em Março, a maioria dos quais com recurso a arma de fogo. Segundo os serviços mexicanos para a segurança nacional, no primeiro trimestre de 2017 tinham sido registados 6.406 assassinatos. A violência no México ocorre num contexto de proliferação de grupos ligados ao tráfico de droga, mas também pode ser explicada por roubos de combustível, sequestros, extorsões e outros delitos criminais.

 

 

 

 

A COOPERAÇÃO e a gestão adequada das diferenças vão estar em foco na reunião informal, na sexta-feira e no sábado próximos, entre o Presidente chinês e o Primeiro-ministro indiano, foi segunda-feira anunciado. A reunião entre Xi Jinping e Narendra Modi vai ser uma "oportunidade para aumentar a confiança mútua, aprofundar a cooperação pragmática, gerir adequadamente as diferenças, alcançar o desenvolvimento comum e contribuir para a promoção da paz e do desenvolvimento global e regional", afirmou o chefe da diplomacia chinesa, Wang Yi, no final de um encontro, no domingo, com o homólogo indiano, Sushma Sawraji. China e Índia, ambas potências nucleares, partilham uma fronteira com 3.500 quilómetros de extensão, a maioria contestada. Diferendos territoriais levaram a um conflito, em 1962, que causou milhares de mortos.

PELO menos cinco soldados do Exército Nacional Afegão foram mortos ontem por Taliban na província de Farah e nove polícias morreram num ataque em Ghazni disseram à Associated Press fontes oficiais. Mohamed Naser Mehri, porta-voz do governador de Farah disse que o ataque taliban provocou um confronto armado que se prolongou durante três horas, no distrito de Bala Buluk, em que seis insurgentes foram abatidos pelas autoridades. O ataque na província de Ghazni foi confirmado pelas autoridades locais, acrescentando que além das vítimas mortais os atacantes fizeram sete feridos. Enquanto isso, em Cabul a polícia divulgou o último balanço do atentado de domingo aumentando para 60 o número de baixas. Este ataque na capital do Afeganistão foi reivindicado pelo grupo radical Estado Islâmico.

NA Venezuela, começou segunda-feira a campanha para as eleições presidenciais de 20 de Maio próximo. O Presidente Nicolas Maduro, que procura a reeleição, abriu a sua campanha distribuindo camiões de lixo e tractores, enquanto o seu único adversário Henri Falcon apresentava planos para despolitizar a petrolífera estatal PDVSA (PDVSA.UL) e dolarizar a combalida economia do país. A taxa de participação nessas eleições deve ser baixo, dado o desânimo dos venezuelanos diante de um colapso económico sem precedentes e de um boicote por parte dos principais opositores, que enxergam o processo eleitoral como uma farsa para legitimar a autocracia. Embora algumas pesquisas o coloquem empatado ou à frente de Maduro, as abstenções teriam um efeito mais grave no ex-militar e governador de 56 anos do que no incumbente de 55 anos.

O MINISTRO dos Negócios Estrangeiros iraniano afirmou que nem o Irão nem a Arábia Saudita conseguem ter o domínio do poder no Médio Oriente e defendeu que o melhor para as duas potências será conversarem uma com a outra. Envolvidos numa luta de influência na região onde apoiam campos diferentes em vários conflitos (Síria, Iraque, Iémen, Líbano), a República Islâmica do Irão, xiita, e a monarquia saudita, sunita, romperam relações diplomáticas em Janeiro de 2016. “Na tentativa de cada um ser o mais forte da região e nos excluirmos um ao outro, destruímos a região”, disse Mohammad Javad Zarif, no Conselho de Relações Externas, na segunda-feira, nos Estados Unidos. O responsável iraniano salientou a existência de “um desejo de mudança”, enfatizando que o Irão se encontra pronto “porque está maior, mais velho e maduro o suficiente para perceber a realidade”. Esta é a mensagem que Mohammad Javad Zarif espera que Arábia Saudita entenda.

PELO menos dez pessoas morreram e outras 15 ficaram feridas em Toronto depois que o motorista de um carro alugado atropelou deliberadamente uma multidão de pedestres no centro da capital económica do Canada, informou a Polícia. "Este acto parece claramente deliberado", declarou o chefe de polícia da maior cidade canadiana, Mark Saunders. A Polícia identificou o motorista como Alex Minassian, um jovem de 25 anos, originário do subúrbio de Richmond Hills, norte da cidade. O caso lembra o “modus operandi” dos ataques com veículos em grandes cidades como Paris, Berlim, Nova Iorque, Barcelona, ​​Londres, Nice e Estocolmo, onde radicais transformaram carros em armas, ao atropelarem pedestres, levando-os à morte. Para já o ministro canadiano da Segurança Pública, Ralph Goodale, afastou a possibilidade de alargar a investigação para já, por considerar que se tratou de um acto isolado.

AS autoridades sul-coreanas e norte-americanas afirmaram ontem que as próximas reuniões de Pyongyang com Seul e Washington representam uma oportunidade única para o fim do programa nuclear norte-coreano. “Acreditamos que as próximas semanas e meses serão cruciais para lançar as bases rumo à desnuclearização da Coreia do Norte", declarou, em comunicado, o delegado sul-coreano para a desnuclearização da Coreia do Norte, Lee Do-hoon, depois de uma reunião com a subsecretária adjunta dos EUA para os Assuntos do Leste da Ásia, Susan Thornton. "Queremos que a reunião seja um êxito, acompanharemos os eventos de perto e estaremos em contacto permanente", afirmou Thornton, por sua vez. O líder norte-coreano, Kim Jong-un, e o Presidente sul-coreano, Moon Jae-in, reúnem-se sexta-feira, 27 de Abril. Este encontro antecede a cimeira histórica entre Kim e o Presidente norte-americano, Donald Trump, previsto para final de Maio ou início de Junho.

 

 

 

 

Breves

Editorial

EDITORIAL
Sexta, 20 Abril 2018
O recente anúncio, pela direcção da Liga Moçambicana de Futebol (LMF), da falta de fundos para levar o Campeonato Nacional de Futebol – Moçambola - até ao fim, apanhou muitos moçambicanos de surpresa, em particular a família do futebol.... Ler mais..

Primeiro Plano

IMAGE
O jazz é a escola onde esta geração dá aulas
Quarta, 25 Abril 2018
A construção de uma obra de arte é um exercício aturado, que envolve um investimento alto, estudo e, se tratando de performance, constante ensaio. Foi o que ficou claro nas apresentações dos três instrumentistas que actuaram, há dias, na primeira edição “Jazz no Franco”. Ler mais..

Assim vai o mundo

Preçário dos jornais online

Anual 5.746,00 MT
Semestral
Trimestral 1.436,00 MT
Mensal 478,00 MT
Quinzenal 239,00 MT
Semanal
Diário 18,00 MT

Jornal Noticias

Anual 1.872,00 MT
Semestral
Trimestral 468,00 MT
Mensal 156,00 MT
Semanal 27,00 MT

Jornal Domingo

Anual 1.872,00 MT
Semestral
Trimestral 468,00 MT
Mensal 156,00 MT
Semanal 27,00 MT

Jornal Desafio

Câmbio

Moeda Compra Venda
USD 58,31 59,47
ZAR 4,74 4,83
EUR 70,23 71,64

25.01.2018   Banco de Moçambique

Opinião & Análise

POR que a pressa, foi a pergunta com que terminei o primeiro texto desta ...
2018-04-25 00:32:00
Há uns tempos, aqui neste espaço, falamos sobre o valor da vida. Nessa ...
2018-04-25 00:30:00
O Zimbabwe celebrou no passado dia 18 de Abril, o 38º aniversário da ...
2018-04-25 00:30:00
Não é que seja uma grande novidade falar de interrupções ...
2018-04-24 00:30:00
SEMANA passada, Stella Pinto Novo Zeca cumpriu mais uma etapa da sua ...
2018-04-24 00:30:00

Conversas ao sábado

  • Publicidade_Versao_Imprensa

Quem está online?

Temos 2393 visitantes em linha