Director: Júlio Manjate   ||  Director(a) Adjunto(a): 

Dizia alguém que o distrito de Mossuril, em Nampula, é um dos mais pobres do país. Sim, aquele distrito é dos mais pobres de Moçambique, porém, a ideia de ser um dos mais pobres do país, pode estar longe da realidade, tendo em conta o actual desenvolvimento turístico que se verifica, concentrado particularmente nas belas praias das “Chocas-Mar”. Aliás, é preciso sublinhar que o distrito de Mossuril é detentor de um grande potencial para o desenvolvimento do turismo.

Há neste momento grande procura de terrenos para a construção de infra-estruturas de alojamento e lazer, que estão a trazer postos de emprego para o combate à pobreza. A zona das Chocas, que dista cerca de 12 quilómetros da vila sede distrital, possui um grande parque imobiliário, que depois de ter sido abandonado pelos proprietários portugueses, no período que se seguiu à independência nacional, beneficiou de obras de reabilitação para atracção de turistas.

Hoje quem chega a Chocas-Mar uma das coisas impressionantes que encontra são bares e restaurantes que mantêm um ambiente tranquilo, confortável e com opções de pratos que oferece. Isto é, dão uma ideia de diversidade e dos prazeres da cena gastronómica daquele distrito. Chocas-Mar é “outro mundo” dentro do distrito de Mossuril, muito apetecível e atraente, a ponto de ter o privilégio de ser visitado não poucas vezes, por altos dignitários ou dirigentes da nação.

Entretanto, os aspectos de desenvolvimento, particularmente infra-estrutural, que se notam nas Chocas, contrastam profundamente com aqueles que a vila sede distrital apresenta. Ou melhor dizendo, a vila sempre apresentou-se como parada no tempo, em termos, por exemplo, de mudanças infra-estruturais. Desta vez em que estivemos naquela vila, na cobertura jornalística da abertura da agência do BIM, o primeiro banco que se instala no distrito, encontramos a vila com o mesmo rosto que já tínhamos visto noutras ocasiões.

Quem visita aquela vila e pretende alojar-se ou ter opções de pratos e diversão, não tem outra alternativa senão ir à praia das Chocas-Mar, onde os preços praticados não são para quem quer, mas sim, para quem pode.

E porque não somos contrários às opiniões da maioria daquele distrito, comungamos dos mesmos pensamentos de que com a instalação da agência do BIM na vila sede de Mossuril, o cenário possa ser invertido. Até porque comentava-se com legitimidade (?) que o que fazia falta eram responsáveis políticos com capacidade e competência para dar esse passo.

O próprio Presidente da República, Filipe Nyusi, que inaugurou a agência, como que a demonstrar que o Governo nunca fez conta de que esta realidade não existe, disse acreditar que a instalação de uma instituição bancária na vila sede distrital de Mossuirl, vai incentivar o desenvolvimento abrangente.

 Outra boa nova anunciada pelo Chefe do Estado que se espera venha a promover o desenvolvimento equilibrado do distrito de Mossuril, é o arranque, a breve trecho, das obras de asfaltagem da estrada Mossuril/Naguema, com cerca de 22 quilómetros, que actualmente não oferece condições confortáveis de transitabilidade.

O troço rodoviário constitui grande entrave para desenvolvimento de Mossuril, devido às limitantes que coloca à interacção do distrito com outras regiões da província e do país. Oxalá, outros projectos se materializem no futuro em prol do desenvolvimento não contrastante de Mossuril. Assim esperamos o Executivo e os empresários. 

 

Mouzinho de Albuquerque

 

Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Tomato Green Blue Cyan Dark_Red Dark_Blue

Body

Background Color
Text Color

Header

Background Color

Footer

Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family
Direction