AS formações do Ferroviário e da Liga Desportiva, ambas de Maputo, partem para missões bem complicadas este fim-de-semana.

Em causa está a sua permanência nas Afrotaças, depois de perderem no último fim-de-semana fora de portas, em partidas da primeira “mão” da Liga dos Campeões Africanos e Taça CAF, respectivamente.

O campeão em título, Ferroviário, recebe amanhã pelas 15.00 horas, no Estádio da Machava, o AS Vitta Clube, da República Democrática do Congo, depois de derrota por 1-0 em Kinshasa. Por seu turno, a Liga Desportiva, vencedora da Taça de Moçambique, defronta esta tarde, à mesma hora, no Estádio Nacional do Zimpeto, Sagrada Esperança de Angola, com o qual perdeu em Luanda pelo mesmo resultado.

Portanto, são jogos de risco para as equipas moçambicanas, mas superáveis, tendo em conta que jogam no seu reduto. Aliás, a crença é maior nas equipas nacionais, que sonham em chegar mais longe nesta campanha e não descartam a possibilidade de alcançar a fase de grupos.

O Ferroviário, que regressa às Afrotaças quatro anos depois, quer relançar-se no contexto internacional, sendo o clube que mais longe chegou ao nível das Afrotaças. Os “locomotivas” já foram até às meias-finais da Liga dos Campeões Africanos na década 90. Mas o seu adversário é um participante assíduo nas Afrotaças, tendo o ano passado afastado o Ferroviário da Beira na primeira eliminatória.

Enquanto isso, a Liga Desportiva, que já esteve à beira da fase de grupos ao nível da Taça CAF, quando foi afastada pelo TP Mazembe da República Democrática do Congo na derradeira eliminatória, em 2013, quer voltar a brilhar nesta competição. Não foi para além da primeira eliminatória no ano passado, ao ser afastado da Liga dos Campeões Africanos pelo APR do Ruanda.

Breves

Editorial

EDITORIAL
Sexta, 16 Fevereiro 2018
A autoridade gestora de recursos hídricos anunciou, esta semana, maus dias pela frente, no que diz respeito ao abastecimento de água às cidades de Maputo, Matola e Vila de Boane. Na origem da situação está o facto de a barragem dos Pequenos Libombos, o... Ler mais..

Primeiro Plano

BAIXO NÍVEL DE CAPTAÇÃO DOS PEQUENOS LIBOMBOS:...
Segunda, 19 Fevereiro 2018
A BARRAGEM dos Pequenos Libombos registou uma progressiva redução das reservas de água na sua albufeira, tendo passado de 81 por cento, em Outubro de 2014, para cerca de 20 registado em finais de Dezembro de 2017. Leia mais Ler mais..

Assim vai o mundo

Preçário dos jornais online

Anual 5.746,00 MT
Semestral
Trimestral 1.436,00 MT
Mensal 478,00 MT
Quinzenal 239,00 MT
Semanal
Diário 18,00 MT

Jornal Noticias

Anual 1.872,00 MT
Semestral
Trimestral 468,00 MT
Mensal 156,00 MT
Semanal 27,00 MT

Jornal Domingo

Anual 1.872,00 MT
Semestral
Trimestral 468,00 MT
Mensal 156,00 MT
Semanal 27,00 MT

Jornal Desafio

Câmbio

Moeda Compra Venda
USD 58,31 59,47
ZAR 4,74 4,83
EUR 70,23 71,64

25.01.2018   Banco de Moçambique

Opinião & Análise

LEMBREI-ME ontem das palavras que o Primeiro-ministro, Carlos Agostinho do ...
2018-02-19 00:30:00
DE há alguns meses a esta parte, vem-se falando sobre a possibilidade de a ...
2018-02-19 00:30:00
O PAÍS, de modo particular as zonas norte e centro, está a ser ...
2018-02-17 00:30:00
GLÓRIAMaria, hoje tive a certeza de que a terceira idade é um ...
2018-02-17 00:30:00
DESDE que a 7 de Fevereiro, o mais alto magistrado da nação anunciou, ...
2018-02-16 00:30:00

Conversas ao sábado

  • Publicidade_Versao_Imprensa

Quem está online?

Temos 1840 visitantes em linha