OS mediadores do diálogo político entre o Governo e a Renamo, maior partido da oposição em Moçambique, afirmam que a proposta de descentralização poderá ser enviada à Assembleia da República, o Parlamento moçambicano, em Dezembro do corrente ano.

A informação foi avançada terça-feira, em Maputo, pelo coordenador dos mediadores, Mario Raffaelli, após um encontro entre os membros da mediação visando contextualizar o antigo Presidente do Botswana, Ketumile Masire, sobre o diálogo, visto que este esteve ausente nas últimas sessões.

“O mês de Novembro é uma data indicativa. Não há problemas se o documento chegar três dias atrasado. Vamos fazer de tudo para enviar”, disse Mario Raffaelli.

Segundo Raffaelli, o grupo de coordenadores ainda não harmonizou as contrapropostas feitas (separadamente) pelas duas delegações (Governo e Renamo).

A proposta de descentralização foi avançada pelos mediadores do diálogo político, tendo sido objecto de contrapropostas por parte de cada uma das delegações.

Em princípio o documento deveria ser enviado ao Parlamento no corrente mês, mas porque a mediação ainda não consensualizou as contrapropostas poderá ser enviado em Dezembro, de acordo com a fonte.

O Parlamento prevê encerrar as suas actividades no dia 22 do Dezembro do corrente ano.

Na mesa do diálogo constam ainda assuntos relacionados com o desarmamento dos homens da Renamo e sua reinserção social bem como aspectos económicos.

O diálogo político visa preparar um encontro ao mais alto nível entre o Presidente da República, Filipe Nyusi, e o líder da Renamo, Afonso Dhlakama, com vista ao estabelecimento de uma paz efectiva no país.

Mais recentes

Breves

Editorial

EDITORIAL
Sexta, 23 Fevereiro 2018
A TRAGÉDIA que se abateu sobre a cidade de Maputo, na madrugada desta segunda-feira, matando 16 pessoas e ferindo outras tantas, em consequência do deslizamento do lixo nas proximidades do aterro de Hulene, chama à atenção para a necessidade de reflectirmos sobre o... Ler mais..

Primeiro Plano

IMAGE
Pressão social empurra meninas para uniões...
Sexta, 23 Fevereiro 2018
Raparigas da localidade de Massaca, distrito de Boane, queixam-se da pressão social e dizem que está na origem dos casamentos prematuros. Com efeito, é-lhes dito que estando no lar vão dignificar a família e a comunidade, e muitas cedem a este conselho que as empurra para um futuro incerto. Ler mais..

Assim vai o mundo

Preçário dos jornais online

Anual 5.746,00 MT
Semestral
Trimestral 1.436,00 MT
Mensal 478,00 MT
Quinzenal 239,00 MT
Semanal
Diário 18,00 MT

Jornal Noticias

Anual 1.872,00 MT
Semestral
Trimestral 468,00 MT
Mensal 156,00 MT
Semanal 27,00 MT

Jornal Domingo

Anual 1.872,00 MT
Semestral
Trimestral 468,00 MT
Mensal 156,00 MT
Semanal 27,00 MT

Jornal Desafio

Câmbio

Moeda Compra Venda
USD 58,31 59,47
ZAR 4,74 4,83
EUR 70,23 71,64

25.01.2018   Banco de Moçambique

Opinião & Análise

PARECE haver motivos bastantes para emprestar as palavras do polémico ...
2018-02-24 00:30:00
O SONO é um veneno que embriaga, paralisa o corpo, corta os movimentos e guia ...
2018-02-24 00:30:00
“Ide por todo o mundo, anunciai a Boa Nova a toda criatura” – Mc ...
2018-02-23 00:30:00
Há reportagens antigas  – nos jornais e televisões -  ...
2018-02-23 00:30:00
SÓ posso começar o presente texto dizendo mesmo isto: INAE, já ...
2018-02-23 00:30:00

Conversas ao sábado

  • Publicidade_Versao_Imprensa

Quem está online?

Temos 1856 visitantes em linha