Director: Júlio Manjate   ||  Director(a) Adjunto(a): 

DAVID Simango, candidato do partido Frelimo à presidência do Município da Cidade de Maputo, é, efectivamente, o vencedor da eleição realizada quarta-feira, segundo confirmou o Secretariado Técnico de Administração Eleitoral (STAE) com base no apuramento provisório.

Dados fornecidos ontem pelo STAE na cidade de Maputo confirmam que a nível da candidatura à presidência do Conselho Municipal da Cidade de Maputo, David Simango obteve 141.024 votos validamente expressos, contra 98.525 de Venâncio Mondlane, do Movimento Democrático de Moçambique (MDM), e 4.372 de Ismael Mussá, do Juntos Pela Cidade (JPC).

A nível da Assembleia Municipal, o partido Frelimo obteve 140.682 votos, contra 100.191 do MDM. A Associação Jovens Técnicos Portadores de Deficiência de Moçambique (CINFORTÉCNICA) amealhou 1.135 votos, a associação Juntos Pela Cidade 3.106, o PDD 640, o PVM 477, o PEC 477, o ALIMO 367, o PT 362, o PARENA com 305, o MPD com 271 e o PPLM com 116 votos, respectivamente.

A Assembleia Municipal da Cidade de Maputo possui 64 mandatos. O director do STAE na cidade de Maputo, Paulo Dinis Chambal, revelou ontem que o nível de processamento de dados, pelo menos até à manhã, era de 92,6 por cento. No que diz respeito à Assembleia Municipal, disse que o processamento provisório era de 92 por cento para a Assembleia Municipal e 84 por cento para o presidente do Conselho Municipal.

Haviam sido, na sequência, processadas 719 mesas, do total de 861 instaladas na autarquia. Até àquele momento, o STAE estava a receber das comissões distritais de eleições os editais e actas originais para o apuramento intermédio (trata-se do apuramento que se faz depois do parcial a nível das mesas). Refira-se que o apuramento intermédio é feito pela Comissão Provincial de Eleições (CPE).

Paulo Dinis Chambal disse que os editais e actas serão enviados à Comissão Nacional de Eleições (CNE) para o apuramento nacional. Entretanto, o STAE a nível d a cidade de Maputo começou, ainda ontem, a pagar os subsídios dos membros das mesas de voto (MMV’s). Considerou o processo de votação a nível da capital do país como tendo decorrido de forma ordeira e pacífica, destacando que as assembleias de voto abriram pontualmente como estava previsto, ou seja, às 7.00 horas, e só encerraram depois de atendido o último eleitor. O apuramento dos votos, nalguns casos, segundo Chambal, decorreu até às 03.00 horas do dia seguinte.

 

Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Tomato Green Blue Cyan Dark_Red Dark_Blue

Body

Background Color
Text Color

Header

Background Color

Footer

Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family
Direction