A COMISSÃO Nacional de Eleições, a nível da província de Maputo, confirmou sábado o candidato da Frelimo, partido no poder em Moçambique, Calisto Cossa, vencedor das quartas eleições de 20 de Novembro, com 79.975 votos.

O seu rival na corrida eleitoral à presidência da edilidade, Silvério Ronguane, do Movimento Democrático de Moçambique (MDM), conseguiu um total de 59.679 votos.
Os mesmos dados mostram igualmente que, na Assembleia Municipal a Frelimo também esteve em frente com 74.069 votos contra 60.672 do MDM.

Falando à Imprensa, o futuro edil da Matola, Calisto Cossa, disse que a vitória representa uma responsabilidade acrescida no sentido de servir melhor aos cidadãos ao nível daquela urbe.
“Porque nós, durante a campanha, fomos falando com os munícipes e dizíamos que o nosso compromisso é com a Matola e os residentes. Sentimos que com estes resultados houve uma aceitação plena da mensagem que transmitimos”, disse Cossa, para quem o maior vencedor destas eleições é a Matola e os “matolenses”.

Aliás, Cossa chegou a afirmar que não há vencidos nem vencedores, porque todos querem que a Matola esteja num bom caminho e a aposta de todos deve ser a vertente de trabalho.
“Assim sendo, essa vertente de trabalho foi aceite e é por isso que hoje os matolenses e a Matola nos apresentam estes resultados”, sublinhou.

Por seu turno, o candidato derrotado, Silvério Ronguane, disse à Imprensa que, apesar de sair derrotado, este tinha sido o melhor resultado de todos os tempos obtido pela oposição, na zona sul do país.

“É evidente que nós não ganhamos estas eleições, mas nós queremos destacar que este é o melhor resultado obtido numa eleição a sul de Save de todos os tempos”, frisou.
Contudo, Ronguane manifestou a sua satisfação pelo facto de ter visto o número de assentos do seu partido na Assembleia Municipal aumentado.
“Na Assembleia Municipal da Matola havia apenas cinco deputados da oposição mas, graças ao trabalho do MDM, nós vamos passar a ter mais de 20 deputados”, disse a fonte.
As quartas eleições autárquicas, realizadas nas 53 autarquias em todo o país, viram a Frelimo e os seus candidatos saíram vencedores na maioria das autarquias.

Breves

Editorial

EDITORIAL
Quinta, 18 Janeiro 2018
TAL como acontece todos os anos, o país volta a ser flagelado por chuvas intensas, regra geral acompanhadas de ventos fortes que derrubam tudo ou quase tudo, por onde sopram, enquanto a água multiplica os caudais dos rios que transbordam, inundam extensas áreas e destroem... Ler mais..

Primeiro Plano

IMAGE
Cuba: Uma ponte para produtos culturais...
Terça, 23 Janeiro 2018
Moçambique foi à Cuba beber da experiência deste país latino-americano no que diz respeito à organização de feiras de artesanato e comercialização de produtos culturais. Ler mais..

Assim vai o mundo

Preçário dos jornais online

Anual 5.746,00 MT
Semestral
Trimestral 1.436,00 MT
Mensal 478,00 MT
Quinzenal 239,00 MT
Semanal
Diário 18,00 MT

Jornal Noticias

Anual 1.872,00 MT
Semestral
Trimestral 468,00 MT
Mensal 156,00 MT
Semanal 27,00 MT

Jornal Domingo

Anual 1.872,00 MT
Semestral
Trimestral 468,00 MT
Mensal 156,00 MT
Semanal 27,00 MT

Jornal Desafio

Câmbio

Moeda Compra Venda
USD 58,31 59,47
ZAR 4,74 4,83
EUR 70,23 71,64

08.01.2018   Banco de Moçambique

Opinião & Análise

E A rebocada que levei, agradável no entanto, já que imaginada. Suave, ...
2018-01-22 21:31:40
Amanhã é dia de votação em Nampula, para a escolha do ...
2018-01-22 21:29:44
Agora que a Polícia Municipal decidiu abrir uma frente contra aqueles ...
2018-01-21 22:30:09
HÁ alguns anos, já não me lembro em que  âmbito, eu ...
2018-01-19 21:49:33
O presente campeonato africano de futebol a decorrer em Marrocos, onde infelizmente ...
2018-01-19 21:47:56

Conversas ao sábado

  • Publicidade_Versao_Imprensa

Quem está online?

Temos 1281 visitantes em linha