Imprimir
Categoria: Política
Visualizações: 362

A Frelimo apresentou, sexta-feira, o seu cabeça-de-lista para as eleições municipais de 10 de Outubro próximo, na cidade de Tete, capital da província com o mesmo nome.

O cabeça-de-lista, César de Carvalho, disse que caso seja eleito presidente do Conselho Municipal desta autarquia a sua aposta será de implementar projectos com potencial de impulsionar o desenvolvimento em todas as vertentes, particularmente a melhoria de infra-estruturas, tais como vias de acesso, fornecimento de energia eléctrica, abastecimento de água, entre outras.

“Vamos continuar a trabalhar afincadamente para que sejamos eleitos e se formos eleitos vamos apostar no melhoramento das condições de vida dos nossos munícipes. Vamos dar continuidade ao que foi feito pelo actual edil, o camarada Celestino Checanhanza”, disse César de Carvalho durante a sua apresentação pública, que teve lugar num comício dirigido pelo primeiro-secretário provincial da Frelimo, em Tete, Fernando Bemane.

Há dias, o secretário provincial apresentou o cabeça-de-lista para a vila de Moatize, Carlos Portimão, que concorre para a sua própria reeleição.

A apresentação dos cabeças-de-lista insere-se no quadro da preparação da Frelimo para as quintas eleições autárquicas de 10 de Outubro próximo.

Bemane prometeu que nos próximos dias serão apresentados publicamente os cabeças-de-lista dos municípios de Ulónguè, no distrito de Angónia, e de Nhamayábuè, no distrito de Mutarara.

Dirigindo-se aos presentes, Bemane destacou as várias realizações feitas por Celestino Checanhanza. “Vimos tanta coisa boa feita, mas não basta, por isso que pedimos para votar na Frelimo e no cabeça-de-lista César de Carvalho, o único que pode dar continuidade dos feitos de Checanhanza”, afirmou.

“Os nossos munícipes estão a gostar do que a Frelimo faz para o bem do seu povo. Precisamos de fazer mais, com certeza, mas o que já foi feito contenta-nos. Não estamos a falar apenas da cidade de Tete, como também das vilas de Moatize, Ulónguè e Nhamayábwè”, disse Bemane.

“A aposta que fazemos é certa dos seus quadros, que são capazes de realizar um trabalho com vista a melhorar as condições dos nossos munícipes”, acrescentou.