Imprimir
Categoria: Política
Visualizações: 2911

O Secretariado Técnico de Administração Eleitoral (STAE) vai capacitar, à escala nacional, mais de 42 mil candidatos a membros das assembleias de voto com vista às eleições autárquicas de Outubro próximo.

O anúncio foi feito ontem, na cidade da Beira, capital da província de Sofala, pelo director-geral do STAE, Felisberto Naife, que disse que, neste momento, decorre o processo de recrutamento e selecção dos candidatos nas 53 cidades e vilas onde terá lugar o pleito.

Naife, que falava no quadro da reunião nacional dos órgãos eleitorais, a decorrer naquela urbe, disse que já foram notificados todos os partidos políticos com assento no parlamento, nomeadamente, a Frelimo, Renamo e o Movimento Democrático de Mocambique (MDM) para a indicação de nomes que farão parte das mesas das assembleias de voto.

Citado pela Rádio Moçambique (RM), emissora nacional, o director-geral do STAE afirmou, por outro lado, que o processo de produção de cadernos eleitorais está numa fase avançada.

“Existem vários desafios, agora estamos num processo avançado de produção dos cadernos eleitorais. Estamos numa fase também de partilha desses cadernos com os concorrentes, estamos a falar de partidos políticos, coligações de partidos políticos e grupos de cidadãos concorrentes”, referiu.

“O facto, também, de o nosso processo de formação e o próprio processo de votação coincidirem com o período lectivo, representa um grande desafio para nós, em termos de salas de aulas disponíveis, tendo em conta o número de formandos que temos”, acrescentou.

Felisberto Naife disse ainda que os órgãos eleitorais já estão a trabalhar no sentido de que os eleitores possam, o mais rápido possível, localizar os seus nomes nos cadernos.