Director: Júlio Manjate   ||  Directora Adjunta: Delfina Mugabe

Munícipes da cidade de Maputo propõem aos partidos políticos a inclusão, nos seus manifestos eleitorais, de acções que garantam a melhoria dos serviços hospitalares e educacionais.

Num documento, de 19 páginas, intitulado “Manifesto do Cidadão”, produzido pelo Centro de Aprendizagem e Capacitação da Sociedade Civil (CESC), avança-se propostas que os munícipes de Maputo querem ver inclusas nos manifestos eleitorais dos partidos políticos.

Segundo Hermenegildo Manuel, gestor do projecto, o documento foi elaborado com o intuito de expor os desejos dos cidadãos para, em seguida, ser enviado aos partidos políticos e assim municiá-los de mais ferramentas para enriquecerem os seus manifestos, de forma a difundi-los durante a campanha que inicia a 25 do mês em curso.

“O documento deverá ser enviado aos partidos políticos. Concretamente, temos aqui a opinião e desejo dos cidadãos da cidade de Maputo sobre os pontos que eles querem ver nos manifestos”, disse, citado pela AIM.

A iniciativa vai ser replicada em outros cinco municípios do país, ainda no decurso desta semana.
Assim, de acordo com Manuel, os partidos poderão ter a opinião dos munícipes ainda antes do arranque da campanha.

“Os munícipes querem, por exemplo, que se adquiram ambulâncias para transportar doentes das unidades sanitárias para hospitais de referência, assim como humanizar os serviços de atendimento de pessoas com necessidades especiais”, disse.

No entendimento dos munícipes, existe uma fraca capacidade das unidades sanitárias para responder à demanda da população. “Há fraca qualidade no atendimento prestado nas unidades sanitárias”, lê-se no documento, que refere haver escassez de medicamentos nas unidades sanitárias e nas farmácias da cidade de Maputo.

Em relação ao sector da Educação, os munícipes exigem, concretamente, a construção de mais escolas e a melhoria de mecanismos de controlo da assiduidade dos professores.

“Queremos que se introduzam procedimentos regulares de acompanhamento dos alunos a nível das escolas, em colaboração com os pais e encarregados de educação”, disse Hermenegildo Manuel.

Além da saúde e educação, os munícipes querem ver resolvidos assuntos relacionados com o transporte e segurança pública, água e saneamento.

“Estes são assuntos em comum. Todos eles concordam com estes pontos”, referiu Hermenegildo Manuel.

“Há falta de parques de lazer em condições e espaços para prática da actividade física. Os parques de estacionamento de viaturas são insuficientes e há dificuldades de acessibilidade aos passeios por estes estarem degradados e se terem transformado em parques de estacionamento e mercados informais”, lê-se no documento em referência.

A necessidade de construção de mais estradas e recolha de resíduos sólidos, na cidade, são questões que também constam no documento.

Para a elaboração do documento foram entrevistados mais de 300 cidadãos, durante três meses, nos distritos municipais de KaMpumo, KaMaxakeni, KaMubukwana, KaTembe, KaMavota, e KaLhamankulo.

Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Tomato Green Blue Cyan Dark_Red Dark_Blue

Body

Background Color
Text Color

Header

Background Color

Footer

Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family
Direction