Director: Júlio Manjate   ||  Director(a) Adjunto(a): 

Opinião

Politica

O COORDENADOR interino da Renamo, Ossufo Momade, solicitou ontem ao Presidente da República, Filipe Nyusi, a correcção das nomeações interinas dos oficiais do seu ...

quarta, 19 dezembro 2018
Leia +

Nacional

Autárquicas 2018

A VOTAÇÃO nas oito mesas cujos resultados foram anulados pelo Conselho Constitucional na autarquia de Marromeu, em Sofala, deverá ser repetida até ao dia 25 de Novembro ...

quinta, 15 novembro 2018
Leia +
Pub
SN

Desporto

O DESPORTIVO de Maputo regressa ao Moçambola no próximo ano, depois da deliberação a seu favor do “caso Siaw” pelo Conselho de Disciplina da ...

quarta, 19 dezembro 2018
Leia +

Economia

O SECTOR privado considera que a liderança do Presidente da República, Filipe Nyusi, no processo de reformas mais sensíveis, no âmbito do Diálogo ...

quarta, 19 dezembro 2018
Read more

Tecnologias

A ocorrência da seca cíclica, que caracteriza a zona sul, particularmente, já requer tomada de medidas adequadas para a manutenção e protecção de ...

quarta, 19 dezembro 2018
Leia +

CELEBRAÇÂO de uniões amorosas, troca de presentes e promessas de uma vida a dois duradoira, são alguns dos actos que, ontem, marcaram o dia de muitos parceiros, entre jovens e adultos que acreditam e comemoram o Dia de São Valentim ou dos namorados.

A nossa Reportagem saiu à rua e testemunhou vários momentos que tornam a data característica e que se resumem, para além do verdadeiro sentido da mesma, em oportunidade de negócio para uns e lamentações para outros, dada a concorrência desleal no mercado.

De entre os corações apaixonados, está o de Ivan Mutombene. Casado há três anos mas sente que é momento para revitalizar a sua paixão e traduzir isso num gesto que agrade a sua parceira. Revelou-nos que da sua curta vida a dois aprendeu que o 14 de Fevereiro é o dia de muita responsabilidade.

Um ramo de flores para acompanhar o seu presente é o que ele escolheu para simbolizar e marcar o Dia de São Valentim, um acto que, segundo conta, é recíproco e faz parte da vida do trajecto do casal.

Nérsio Fazenda partilha o tecto com a sua esposa, passam já cinco anos. Encontrámo-lo numa das lojas da praça vocacionada para venda de roupas íntimas. Para ele, o gesto serviria de ocasião para mostrar quão ama a sua parceira, volvidos cinco anos de convivência.

“Para mim, o dia 14 de Fevereiro devia ser celebrado todos os dias da vida dos casais. Pessoalmente, dou prioridade ao dia do nosso casamento mas porque a minha esposa não se deve sentir esquecida, compro sempre algo para ela.”, disse Fazenda.

Por estar a vender numa das esquinas, Daute Mudaucane, de 43 anos, só iria procurar o seu amado no final do dia. Contou-nos que já preparou um presente à altura das suas capacidades e que, apesar de não saber da história, sabe que pelo menos é o dia em que as pessoas que se amam trocam presentes.

Há quem escolheu o dia para selar através do matrimónio o amor que nutre pelo seu ou sua parceira. Juntos há 12 anos, Anabela e Sérgio Faife Matsolo são disso exemplo e optaram pelo 14 de Fevereiro para mostrar aos familiares, amigos e filhos até quanto se amam e estão comprometidos mutuamente.

Um dos lugares de eleição para os casais iniciarem o seu amor é o decano Jardim dos Namorados em plena zona da Ponta Vermelha. Os finais de muitos dias são fechados naquele lugar, sobretudo no famoso banco de Samora Machel.

Segundo Latifa Pais, assistente da Folha Verde, reza a história que aquele banco com vista ao mar teria sido encomendada pelo falecido presidente Samora Machel dai que ficou apelidado por Banco de Samora.

FLORISTAS SEM MÃOS A MEDIR

PARA alguns floristas, o Dia de São Valentim é o dia de muita pressão pois mesmo os que não têm como tradição oferecer flores aos seus parceiros, fazem-no como forma de não deixar as suas parceiras ou parceiros fora da moda.

Logo às primeiras horas da manhã e aliás desde as vésperas da data, surgiram encomendas e por isso alguns já não tinham capacidade de resposta para atender tanta gente de uma só vez.

Melita Faquirá é proprietária da Florista Xiluva, contou-nos que quase todos os seus clientes, maioritariamente do sexo masculino, procuravam rosas vermelhas que simbolizam o amor.

Preparada para fazer face à procura, lamentou o facto de os clientes não terem o hábito de reservarem antes querendo o arranjo na hora, o que é difícil para um trabalho feito com arte e perfeição.

Já a mesma sorte não tem outros floristas que vêm o negócio ofuscado pela concorrência desleal de vendedores de flores em quase todas as esquinas da cidade de cimento.

Faida Noronha contou-nos que a sua casa só vende graças aos clientes já de tradição que em todos os seus momentos especiais preferiram seus préstimos.

”É aborrecido estarmos aqui com licenças, pagando impostos pelo espaço e aparecerem pessoas quase à nossa porta vendem um produto similar e sem pagar nada. Mas porque há sempre quem tem bom gosto acabamos tendo clientes mesmo assim”, desabafou Faida.

A nossa fonte adiantou-nos ainda que no dia de ontem, os clientes, maioritariamente homens, espalhavam alegria ao entrar na loja.

Entretanto, mesmo os vendedores de esquina queixam-se da concorrência entre eles mesmos. Falam da falta de negócio mas porque as vendas são um facto no dia de São Valentim acabam vendendo.

“Como se trata de um dia internacional, mesmo na África do Sul, onde compramos as flores, os preços disparam em vésperas de 14 de Fevereiro e chegados aqui também aumentamos o valor. Mas há sempre poder de compra para todos pois o preço, mediante o bolso parte de 50 meticais em diante”, exemplificou um dos vendedores contactados pela mossa Reportagem.  

SIGNIFICADO DO DIA SÃO VALENTIM

SÃO várias as interpretações a volta desta data, mas reza a história que a data tem a ver com a Igreja Católica e as igrejas orientais mas que é já celebrado em muitos países do mundo. O imperador Cláudio II, durante o seu governo, na Roma antiga, interditou a realização de casamentos em seu reino, com objectivo de formar um grande exército. Ele acreditava que os jovens, se não tivessem famílias alistar-se-iam com maior facilidade.

No entanto, o bispo romano contrariou tal medida e continuou a realizar casamentos em segredo. Essa acção protectiva valeu-lhe uma condenação e foi decapitado a 14 de Fevereiro de 270.

Anabela Massingue

Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Tomato Green Blue Cyan Dark_Red Dark_Blue

Body

Background Color
Text Color

Header

Background Color

Footer

Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family
Direction