Opinião

Politica

  O Secretário Executivo da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), embaixador Francisco Ribeiro Telles, inicia hoje uma visita de cinco dias a ...

terça, 18 junho 2019
Leia +

Nacional

O ministro da Agricultura e Segurança Alimentar, Higino de Marrule, desafia o sector agrário a resolver os problemas que afectam a comercialização agrária e o ...

terça, 18 junho 2019
Leia +

Desporto

A POLITÉCNICA e o Ferroviário vão esta noite (18:15horas), no pavilhão do Maxaquene, ao terceiro jogo do “play-off” da final do Campeonato de Basquetebol da ...

terça, 18 junho 2019
Leia +

Beira

O Banco Mundial aprovou, sexta-feira, uma doação financeira da Associação Internacional de Desenvolvimento (IDA), no valor de 75 milhões de dólares da sua ...

terça, 18 junho 2019
Leia +
Pub
SN

Economia

As relações comerciais entre China e Moçambique situaram-se em 783 milhões de dólares norte-americanos nos primeiros quatro meses deste ano, representando um ...

terça, 18 junho 2019
Read more

Tecnologias

  A Sociedade Aberta (SA) lançou ontem, em Maputo, um modelo de aulas abertas no formato virtual, que tem por objectivo criar espaço para debate de ideias nos diversos ...

terça, 18 junho 2019
Leia +

FOI ontem lançado na cidade de Maputo mais um livro que fala sobre a génese e a história da luta de libertação nacional, da autoria do antigo combatente Lopes Tembe Ndelana.

Trata-se da obra “Da Udenamo à Frelimo e a Diplomacia em Moçambique”, editado pela Marambique, que é composto por depoimentos de contemporâneos do autor na luta de libertação nacional e na construção da diplomacia moçambicana.

O livro foi prefaciado pelo antigo Presidente da República Joaquim Chissano e teve a edição científica do historiador da Universidade Eduardo Mondlane, Joel das Neves Tembe, a quem coube o papel de apresentar a obra.

Foi o Tenente General na Reserva, António Hama Thai, quem apresentou o prefácio do livro no lugar de Joaquim Chissano, ausente do país em missão de trabalho.

António Hama Thai referiu que o rigor histórico dos factos narrados sobre as várias etapas da luta de libertação, desde as tarefas organizativas em Dar-Es-Salaam, passando pelos centros educacionais e de treino militar na Tanzânia, as acções de abastecimento e a infiltração de armamento e outros meios de luta, a mobilização da população e seu engajamento constituem um conjunto fascinante de uma memória colectiva que consubstancia o papel dos combatentes pela liberdade, justiça e desenvolvimento do país.

A apresentação da obra esteve na responsabilidade do historiador Joel das Neves Tembe. O livro contém 206 páginas de depoimentos e fotografias, com uma narrativa que vai até à realização do 10º congresso da Frelimo, em 2012.

O apresentador disse que a trajectória narrada na obra transmite lições de disciplina, solidariedade, respeito, trabalho árduo, espírito patriótico e de sacrifício, bem como outros ensinamentos da vida.

“É uma contribuição valiosa para estudiosos de ciências sociais e políticas, histórias, diplomacia e o público em geral”, considerou Joel das Neves Tembe.

O livro integra cinco grandes momentos da vida do autor, nomeadamente a sua infância e a juventude, o trabalho na então Rodésia do Sul (hoje Zimbabwe) e a formação da Udenamo (um dos três movimentos que se uniram para fundar a Frelimo), a participação na formação da Frelimo, o processo da luta armada até 1974 e a participação na criação do Estado Moçambicano.

Por sua vez, o autor do livro esclareceu que se sentiu motivado a escrever a obra para deixar a sua contribuição na construção da história do país e transmitir aos mais novos a experiência em causas patrióticas e de desenvolvimento do país.

Lopes Tembe Ndelana é combatente da luta de libertação nacional e exerceu várias funções, entre as quais a de membro do Parlamento, Embaixador de Moçambique na China, Coreia, Japão, Zimbabwe, Botswana e Swazilândia entre os anos 1983 até 1996.

Para além dos intervenientes, a cerimónia de lançamento deste livro contou com a presença dos secretários gerais da Frelimo e da Associação dos Combatentes de Luta de Libertação Nacional (ACCLN), nomeadamente Eliseu Machava e Fernando Faustino, antigos combatentes, membros do Governo entre outras figuras.

Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Tomato Green Blue Cyan Dark_Red Dark_Blue

Body

Background Color
Text Color

Header

Background Color

Footer

Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family
Direction