ENCERRA hoje em Quissico, distrito de Zavala, província de Inhambane, a 23ª edição do Festival M´saho que este ano coincidiu com a celebração dos 45 anos da sua elevação à actual categoria.

O festival arrancou sábado e reuniu no palco do Miradouro 25 grupos de timbila e ngalanga de Zavala e regiões circunvizinhas. Dos grupos presentes destacam-se a timbila de Guilundo, a orquestra do falecido mestre Venâncio Mbande, além das orquestras de Zavala, Mazivela, Inharrime, Muane, Canda, Vungane e Chizoho.

Uma feira de saúde, palestras, artesanato, agrícola e de gastronomia deram ainda mais cor e brilho a esta festa que decorreu sob o lema: “M´saho 2017: 45 anos da Vila de Quissico, Timbila Promovendo a Cultura de Paz e Desenvolvimento Sustentável”.

 

Câmbio

Moeda Compra Venda
USD 58,31 59,47
ZAR 4,74 4,83
EUR 70,23 71,64

25.01.2018   Banco de Moçambique

Opinião & Análise

PARECE haver motivos bastantes para emprestar as palavras do polémico ...
2018-02-24 00:30:00
O SONO é um veneno que embriaga, paralisa o corpo, corta os movimentos e guia ...
2018-02-24 00:30:00
“Ide por todo o mundo, anunciai a Boa Nova a toda criatura” – Mc ...
2018-02-23 00:30:00
Há reportagens antigas  – nos jornais e televisões -  ...
2018-02-23 00:30:00
SÓ posso começar o presente texto dizendo mesmo isto: INAE, já ...
2018-02-23 00:30:00