Director: Júlio Manjate   ||  Directora Adjunta: Delfina Mugabe

JUNTAR gestores culturais e artistas para reflectirem sobre os problemas que os inquietam e encontrarem uma plataforma para buscar soluções é o objectivo do “Azgo Dialogar”, uma iniciativa inserida no âmbito do Festival Azgo, que terá lugar a 19 deste mês.

O “Azgo Dialogar” está agendado para os dias 16 e 17 de Maio no campus principal da Universidade Eduardo Mondlane (UEM) e no Centro Cultural Franco-Moçambicano (CCFM), respectivamente.

Durante dois dias vários actores do sector cultural, entre nacionais e internacionais, irão falar sobre questões ligadas à dinâmica das acções culturais, como o financiamento, direitos do autor e distribuição das obras artísticas.

Esta actividade está dividida em painéis de debate, a decorrerem no Anfiteatro 1501 no campus principal da UEM e “workshop” no CCFM, em Maputo.

O evento será inaugurado pelo director do “Azgo”, Paulo Chibanga, com intervenções de Roberto Dove, em representação do Ministério da Cultura e Turismo, e Sven Kühn von Burgsdorff, embaixador da União Europeia.

O primeiro painel reflectirá sobre o “Financiamento e Gerenciamento no Sector Cultural” e terá como convidados o filósofo Severino Ngoenha e Sven Kühn von Burgsdorff, sob moderação de Miguel Prista.

O segundo painel é dedicado ao tema “Direitos Conexos e de Publicação” e contará com a presença de Domi Chirongo, secretário-geral da Sociedade Moçambicana de Autores (SOMAS), do cineasta Sol de Carvalho, do escritor Mia Couto e David Alexander (Sheer/SAMRO).

A parte da tarde será preenchida pelo “workshop”orientado pelo fotógrafo Youri Lenquete, das Ilhas Reunião, no CCFM.

Os debates voltam na manhã do dia 17 no campus principal da UEM, onde o primeiro painel terá como tema “Gerenciamento de Artistas”. Para a discussão, foram convidados o produtor e promotor cultural Bang, Izidine Samamade, “manager” da label Negócios de Família e José da Silva, da Luso-África.

O painel seguinte será voltado à questão dos “Direitos Conexos, Publicação, Comercialização da Música e Plataformas Digitais”, com o produtor musical da Khongoloti Records, Milton Gulli, do músico e produtor, G2, do empresário francês, Ben Oldifield, sob moderação do produtor e membro da banda Kapa Dech, Zé Pires.

Para encerrar o ciclo de debates serão chamados Miguel Prista e Paulo Chibanga. E a partir das 15.00 horas, David Alexander (Sheer/SAMRO) orienta o “workshop” subordinado ao tema “Direitos Conexos e Distribuição da Música”.

O “Azgo Dialogar” é uma iniciativa que começou em 2013, reunindo artistas nacionais e internacionais, “manager” e produtores de eventos para debater sobre tendências e perspectivas da área.

O objectivo desta actividade é de criar uma plataforma que possibilite o desenvolvimento artístico-cultural, intercâmbio musical entre artistas locais e internacionais.

Pretende-se ainda promover o património cultural e a vida artística, bem como oportunidades para profissionalização da indústria musical e artística em Moçambique.

Sábados

...

TEMOS dito muitas vezes, aqui, que continuam enganados aqueles que pregam o ...

TEMA DE ...

O RESPEITO pelo bom profissional de saúde, reconhecendo publicamente ...

CLICKADAS

Conselho de administração

Presidente: Bento Baloi

Administrator: Rogério Sitóe

Administrator: Cezerilo Matuce

Siga-nos

Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Tomato Green Blue Cyan Dark_Red Dark_Blue

Body

Background Color
Text Color

Header

Background Color

Footer

Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family
Direction