Imprimir
Categoria: Província Em Foco
Visualizações: 3757

A raiva provocou, no  ano findo, sete vítimas mortaias na província de Gaza, contra as cinco notificadas em igual período do ano de 2013, uma situação que já é considrerada pelas autoridades sanitárias locais de um problema de saúde pública.

Para o efeito, tendo em vista reduzir o impacto das causas desta doença, acções de coordenação entre a Saúde,  os Serviços de Veterinária e da Educação foram já delineadas. Segundo fontes da Saúde, em Gaza, as mordeduras caninas mostram um ligeiro aumento, uma vez que foram reportados no total 1.186 casos, em 2014, contra 1.183 em igual  período de 2013. Os distritos que mais casos notificaram são os de Xai-Xai, Chókwè  e Guijá.

 

VIRGÍLIO BAMBO