UM apoio composto de material de construção, avaliado em 100 mil dólares norte- americanos, foi entregue, quinta-feira, ao Governo de Inhambane para ser distribuído a 118 famílias vulneráveis do bairro Mawewa, arredores da cidade da Maxixe, cujas casas foram danificadas pelo ciclone Dineo, que fustigou alguns distritos da província a 15 de Fevereiro passado.

O donativo foi entregue pela embaixadora da Turquia em Moçambique, Zeynep Kiziltan, que disse que o material, apesar de insuficiente, vai minimizar o drama por que passam as famílias afectadas.

 “A Turquia também sofre muito das calamidades naturais, nomeadamente terramotos, cheias, entre outros desastres, e continua a sentir o impacto das mudanças climáticas como fenómeno contemporâneo. Por isso, o povo turco solidariza-se com a população de Inhambane que perdeu seus bens”, disse.

A diplomata explicou que a Turquia tem a Agência de Gestão de Desastres e Emergência, AFAD, uma instituição investida de responsabilidades similares às do INGC.

Disse também que o seu país desde a primeira cimeira humanitária realizada em Maio do ano passado passou a ser o maior doador mundial da ajuda humanitária.

“Gerir a resposta após o desastre natural não é suficiente para salvar vidas. A coordenação entre instituições na preparação dos programas de mitigação são cruciais, razão pela qual a Turquia introduziu o sistema integrado de gestão de calamidades naturais, colocando ênfase na vida humana em todas as etapas de prevenção e redução do risco dos desastres”, disse Kiziltan.

Por seu turno, o governador de Inhambane, Daniel Chapo, acompanhado pelo director- geral do INGC, João Machatine, agradeceu o gesto daquele país amigo, prometendo que os bens serão canalizados aos legítimos destinatários.

Desejou que a aproximação da embaixada da Turquia à província de Inhambane não termine apenas no programa de emergência, mas que também se estenda aos projectos de desenvolvimento, porque, segundo disse, a província dispõe de muitas oportunidades de negócio.

Versão-Impressa


Breves

Editorial

Editorial
Sexta, 24 Março 2017
UM dos temas que marcou a actualidade, em Moçambique, é o anúncio da submissão à Procuradoria-Geral da República (PGR) de 138 processos atinentes a obras públicas paralisadas, abandonadas ou inacabadas. Trata-se de empresas que, embora tenham... Ler mais..

Primeiro Plano

IMAGE
Indústria de Confecções: Um gigante que cedeu...
Terça, 21 Março 2017
A INDÚSTRIA de confecções teve momentos de glória em Moçambique e na região. Mas com o tempo ficou moribunda e colapsou. Não resistiu às vicissitudes do mercado, deixando milhares de operários à sua sorte.  Leia mais Ler mais..

Assim vai o mundo

Preçário dos jornais online

Anual 5.746,00 MT
Semestral
Trimestral 1.436,00 MT
Mensal 478,00 MT
Quizenal 239,00 MT
Semanal
Diário 18,00 MT

Jornal Noticias

Anual 1.872,00 MT
Semestral
Trimestral 468,00 MT
Mensal 156,00 MT
Semanal 27,00 MT

Jornal Domingo

Anual 1.872,00 MT
Semestral
Trimestral 468,00 MT
Mensal 156,00 MT
Semanal 27,00 MT

Jornal Desafio

Câmbio

Moeda Compra Venda
USD 68,74 68,84
ZAR 5,42 5,43
EUR 73,76 73,87

17.03.2017   Banco de Moçambique

Temperatura

25.02.2017    INAM

Opinião & Análise

É DELICADO o assunto que trago para esta semana, porque susceptível de ...
2017-03-22 07:46:11
NA semana passada, a Comissão Nacional de Eleições (CNE) ...
2017-03-23 23:30:00
DEMOCRACIA é um conceito actualmente usado, de forma arbitrária, em ...
2017-03-22 23:30:00
TIVE há dias o privilégio de escalar a cidade de Monróvia, a ...
2017-03-24 23:30:00
NUMA iniciativa pouco comum entre nós, a Ordem dos Advogados de ...
2017-03-23 23:30:00

Conversas ao sábado

  • Publicidade_Versao_Imprensa

Quem está online?

Temos 4753 visitantes em linha