A PROVÍNCIA de Maputo registou um aumento de crianças, adultos e mulheres grávidas que iniciaram o tratamento com anti-retrovirais (TARV) durante o ano passado.

Segundo dados do Núcleo Provincial de Combate ao HIV/SIDA em Maputo, durante o ano de 2016 houve registo de 35.509 adultos a fazer TARV, contra 24.336 de 2015.

As crianças em tratamento atingiram um total de 2.252, contra 1.535 do ano anterior. Já no primeiro semestre deste ano aderiram ao TARV 19.105 adultos e 1.627 crianças.

Delso Damas, delegado do Núcleo Provincial de Combate ao HIV/SIDA, disse que os dados correspondem a uma evolução de 47,8 por cento e 47,0 por cento para crianças e adultos, respectivamente. De um modo geral, a província tinha um cumulativo de 133.037 pacientes em TARV.

De acordo com Damas, houve ainda o crescimento do número de mulheres grávidas HIV positivas a receberem anti-retrovirais (ARV), de 6.214 em 2015, para 9.443 em 2016, correspondendo a uma evolução de 52 por cento.

A taxa de seroprevalência em mulheres grávidas nas consultas pré-natais durante o primeiro semestre de 2017 foi de 12 por cento, contra 11,7 por cento de 2016. O número cumulativo de pacientes activos em TARV na província durante o primeiro semestre de 2017 foi de 153.289.

A fonte apontou também para o aumento do número de trabalhadoras do sexo que foram abordadas sobre a negociação do sexo seguro. Em 2015 foram interpeladas 1.050 trabalhadoras do sexo contra 1.300 em 2016. No primeiro semestre deste ano foram abrangidas 2.867, com maior destaque para a cidade da Matola.

Para além do aumento de trabalhadoras de sexo atendidas, o número de homossexuais alcançados, através de palestras de sensibilização para o uso correcto e consistente do preservativo e lubrificantes, aumentou de 275, em 2015, para 450, em 2016.

Contrariamente, houve uma redução dos reclusos atingidos pelos serviços de aconselhamento e testagem em saúde, de 537, em 2015, para 460 em 2016.

A província conta com 76 unidades sanitárias que oferecem este serviço, das 98 existentes, o que equivale a uma cobertura de 78 por cento.

Estas informações foram avançadas na cidade da Matola durante uma visita de trabalho do governador da província de Maputo, Raimundo Diomba, ao Núcleo Provincial de Combate ao HIV/SIDA, com o objectivo de aferir o nível de funcionamento.

Breves

Editorial

EDITORIAL
Sexta, 20 Outubro 2017
O PRESIDENTE da República, Filipe Nyusi, manifestou há dias, e de forma particularmente severa, a sua preocupação em relação aos elevados índices de corrupção que se registam no país, tanto no sector público quanto no... Ler mais..

Primeiro Plano

IMAGE
Caia vira corredor de desenvolvimento
Quinta, 19 Outubro 2017
O ADMINISTRADOR do distrito de Caia, João Saize, considerou, há dias, em entrevista ao nosso Jornal, que nos últimos oito anos a região se transformou num verdadeiro corredor de desenvolvimento, com a entrada em funcionamento da Ponte Armando Guebuza, em Agosto de 2009. Ler mais..

Assim vai o mundo

Preçário dos jornais online

Anual 5.746,00 MT
Semestral
Trimestral 1.436,00 MT
Mensal 478,00 MT
Quinzenal 239,00 MT
Semanal
Diário 18,00 MT

Jornal Noticias

Anual 1.872,00 MT
Semestral
Trimestral 468,00 MT
Mensal 156,00 MT
Semanal 27,00 MT

Jornal Domingo

Anual 1.872,00 MT
Semestral
Trimestral 468,00 MT
Mensal 156,00 MT
Semanal 27,00 MT

Jornal Desafio

Câmbio

Moeda Compra Venda
USD 60,70 61,84
ZAR 4,43 4,51
EUR 71,53 72,88

11.10.2017   Banco de Moçambique

Opinião & Análise

HÁ alguns anos, o Governo do ex- presidente moçambicano, Joaquim ...
2017-10-20 23:30:00
MAIS um linchamento ocorreu ao princípio desta semana na cidade da Beira, ...
2017-10-20 23:30:00
TURMA, não posso ignorar esta chamada, serei rápido. Enquanto estou ...
2017-10-20 23:30:00
MOCÍMBOA da Praia, na província de Cabo Delgado, está desde ...
2017-10-19 23:30:00
Passam cerca de duas semanas que contei a história onde o personagem ...
2017-10-19 23:30:00

Conversas ao sábado

  • Publicidade_Versao_Imprensa

Quem está online?

Temos 1678 visitantes em linha