O Ministério da Educação e Desenvolvimento Humano (MINEDH) está a orientar um diagnóstico, em todo o país, para determinar as causas do fraco poder de aquisição de competências por parte das crianças do ensino primário.

Com efeito, os diversos estudos que têm sido feitos sobre o assunto, envolvendo entidades públicas e privadas como o Instituto Nacional de Desenvolvimento da Educação (INDE), revelam que os menores, sobretudo os da 1ª a 3ª classe, revelam baixa qualidade de apreensão das matérias.

Sobre este assunto, a ministra do pelouro, Conceita Sortane, disse que os materiais didácticos estão disponíveis e os professores nas salas de aula para ensinar as crianças, não se percebendo o que pode estar a concorrer para os baixos índices de aprendizagem.  

Provavelmente, de acordo com a governante, podem estar a registar-se falhas na forma como o professor transmite as matérias e/ou apresenta-se na sala de aulas para o processo de ensino e aprendizagem.

Face ao cenário, a ministra Sortane disse estar-se a intensificar a supervisão pedagógica, que visa aferir até que ponto os professores podem estar a ser causa do problema, que é mais grave no primeiro ciclo do ensino primário.

Sabe-se que a baixa aprendizagem nas classes iniciais por parte de qualquer indivíduo acaba afectando o seu desempenho nos níveis subsequentes, mesmo que os meios de ensino venham a melhorar.

A ideia é ir capacitando os docentes que revelarem dificuldades no sentido de paulatinamente tornarem-se agentes da qualidade que se pretende.  O processo deverá ser liderado pelas Zonas de Influência Pedagógica (ZIP) que, por sua vez, terão assistência das autoridades distritais e até provinciais, caso tal se mostre necessário.

Conceita Sortane disse haver já alguns resultados animadores que constatou na sua recente visita de trabalho à província da Zambézia, um dos pontos do país com elevada densidade populacional.

Reconheceu que a constatação de défice de qualidade não é um tema novo, uma vez que, segundo ela, vem sendo apontado há já alguns anos, não obstante ter-se suspendido a contratação de professores sem formação psicopedagógica.

Mais recentes

Breves

Editorial

EDITORIAL
Sexta, 23 Fevereiro 2018
A TRAGÉDIA que se abateu sobre a cidade de Maputo, na madrugada desta segunda-feira, matando 16 pessoas e ferindo outras tantas, em consequência do deslizamento do lixo nas proximidades do aterro de Hulene, chama à atenção para a necessidade de reflectirmos sobre o... Ler mais..

Primeiro Plano

IMAGE
Pressão social empurra meninas para uniões...
Sexta, 23 Fevereiro 2018
Raparigas da localidade de Massaca, distrito de Boane, queixam-se da pressão social e dizem que está na origem dos casamentos prematuros. Com efeito, é-lhes dito que estando no lar vão dignificar a família e a comunidade, e muitas cedem a este conselho que as empurra para um futuro incerto. Ler mais..

Assim vai o mundo

Preçário dos jornais online

Anual 5.746,00 MT
Semestral
Trimestral 1.436,00 MT
Mensal 478,00 MT
Quinzenal 239,00 MT
Semanal
Diário 18,00 MT

Jornal Noticias

Anual 1.872,00 MT
Semestral
Trimestral 468,00 MT
Mensal 156,00 MT
Semanal 27,00 MT

Jornal Domingo

Anual 1.872,00 MT
Semestral
Trimestral 468,00 MT
Mensal 156,00 MT
Semanal 27,00 MT

Jornal Desafio

Câmbio

Moeda Compra Venda
USD 58,31 59,47
ZAR 4,74 4,83
EUR 70,23 71,64

25.01.2018   Banco de Moçambique

Opinião & Análise

PARECE haver motivos bastantes para emprestar as palavras do polémico ...
2018-02-24 00:30:00
O SONO é um veneno que embriaga, paralisa o corpo, corta os movimentos e guia ...
2018-02-24 00:30:00
“Ide por todo o mundo, anunciai a Boa Nova a toda criatura” – Mc ...
2018-02-23 00:30:00
Há reportagens antigas  – nos jornais e televisões -  ...
2018-02-23 00:30:00
SÓ posso começar o presente texto dizendo mesmo isto: INAE, já ...
2018-02-23 00:30:00

Conversas ao sábado

  • Publicidade_Versao_Imprensa

Quem está online?

Temos 1913 visitantes em linha