Três homens que se faziam passar por inspectores da Inspecção Nacional das Actividades Económicas (INAE) foram recolhidos às celas, pela Polícia da República de Moçambique (PRM), na tarde de ontem quinta-feira, no bairro George Dimitrov, na cidade de Maputo.

Trata-se Sarmento Júnior, Hélder Tsepo e Inocêncio Mutembane que obtiveram a informação através de um amigo, daquele bairro, de que o proprietário de um estabelecimento havia sido aplicado uma multa por ter cometido irregularidades. Então, fizeram-se passar por funcionários do INAE e abordaram o proprietário do estabelecimento, no sentido de que para anularem a coima o mesmo devia desembolsar 4.000 meticais, para o grupo.

Os embusteiros dizem ter agido por impulso, mais que se mostram arrependidos pelo acto cometido.

Os acusados foram conduzidos à 15ª esquadra da Polícia da República de Moçambique, enquanto decorre o processo da captura dos outros integrantes da quadrilha.

Segundo contou, hoje, o Chefe das operações de Industria e Comércio, Lourenço Cumbe, a detenção dos falsos funcionários, que operavam desde Novembro último, só foi possível graças a um trabalho, que vinha sendo feito, juntamente, com o dono do estabelecimento comercial.

Leonel Muchina, porta-voz da polícia na cidade de Maputo, disse que ainda, outros dois indivíduos pertencentes a uma quadrilha foram detidos por roubo viaturas e falsificação de matrículas.

Estes foram encontrados em flagrante numa oficina clandestina no bairro do Albazine, quando se dedicavam à falsificação e mudanças das características de viaturas roubadas, referiu Muchina.

 

Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Tomato Green Blue Cyan Dark_Red Dark_Blue

Body

Background Color
Text Color

Header

Background Color

Footer

Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family
Direction