Director: Júlio Manjate   ||  Directora Adjunta: Delfina Mugabe

A UNIVERSIDADE Pedagógica – Delegação de Nampula vai ser palco de uma grandiosa conferência internacional subordinada ao tema “Tradição e Modernidade”.

Agendado para o próximo mês, o colóquio servirá igualmente para o lançamento das festividades dos 20 anos da instalação da UP naquela província, cuja efeméride se assinala a 11 de Agosto, segundo deu a conhecer ontem ao “Notícias” o director da instituição, Dr. Mário Brito dos Santos.

De acordo com a fonte, a conferência contará com representantes de Portugal, Brasil, Malawi, Quénia, África do Sul e Tanzânia. Durante o colóquio, a UP – Delegação de Nampula irá homenagear Alberto Viegas – homem intrinsecamente ligado à Educação, Cultura e Arte sendo também referência obrigatória nos meandros académicos e até governamentais, falecido a 27 de Maio de 2014.

Alberto Viegas foi condecorado em 1972 pelo Governo português pelas suas acções sociais tendo recebido a medalha Ordem de Instrução Pública de Lisboa. Viegas recebeu também o diploma de honra pelo Fundo das Nações Unidas para a População (FUNUAP) e no pós independência recebeu a medalha Bagamoyo e a medalha de Nachingweya.

Foi homenageado por vários ministérios, governos provinciais, associações da sociedade civil, organizações religiosas, tendo também recebido a condecoração pelo Papa João Paulo II. Alberto Viegas distinguiu-se ainda pelo facto de aos 79 anos de idade ter decidido voltar à carteira para dar prosseguimento aos estudos, o qual veio a falecer no ano passado aos 89 anos.

“Dedicamos a conferência a esta figura que foi membro do conselho da UP-Delegação de Nampula. Nos nossos registos temos que Carlos Viegas escreveu 30 livros, publicou apenas dois e escreveu também mais de 20 poemas. Este facto faz dele uma referência nas artes e cultura”, disse Mário Brito dos Santos, indicando ainda que durante a conferência internacional a UP – Delegação de Nampula vai homenageá-lo com o título honorífico de Doutor em Antropologia Social.

SOBRE OS 20 ANOS

De acordo com a fonte, a UP – Delegação de Nampula iniciou as suas actividades de forma tímida em 1995 com apenas uma turma de 35 alunos para o bacharelato em ensino de Português e volvidos 20 anos da sua instalação, a instituição conta com 32 cursos de licenciatura, com cerca de 800 estudantes, 300 docentes e 150 funcionários do corpo técnico e administrativo.

“Quanto ao corpo docente que até há cerca de sete anos apenas oito por cento era efectivo, hoje possuímos uma efectividade de 90 por cento, o que significa crescimento”, explicou.

Acrescentou que, ao longo deste período foi possível o recrutamento de docentes jovens acabados de terminar os seus cursos superiores. E cerca de 200 destes jovens foram enviados para a formação nos níveis de Mestrado e Doutoramento em países como Holanda, França, Alemanha, Austrália, Portugal, Brasil e Japão. Outros ainda há que se formaram internamente.

Mário de Brito Santos proferiu ainda que, a UP – Delegação de Nampula possui actualmente cerca de 300 docentes e deste número, aproximadamente 200 possuem o nível de Mestrado e os outros restantes estão a fazer o Doutoramento. Estes dados, segundo a nossa fonte, revelam que todos os meses a instituição recebe docentes a terminarem o Mestrado ou Doutoramento, o que enriquece e engrandece a instituição.

O director da Universidade Pedagógica em Nampula afirmou ainda que, paralelamente a formação de docentes, decorre também o processo de treinamento do corpo técnico – administrativo em áreas específicas, tudo na perspectiva de fazer desta instituição um modelo a seguir no país.

“O objectivo de facto é que a instituição sirva verdadeiramente a sociedade moçambicana e não só”, frisou -Mário de Brito Santos.

Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Tomato Green Blue Cyan Dark_Red Dark_Blue

Body

Background Color
Text Color

Header

Background Color

Footer

Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family
Direction