Terça-feira, 21 Maio, 2024
Início » Libertados dois marinheiros russos retidos no Porto de Maputo

Libertados dois marinheiros russos retidos no Porto de Maputo

Por admin-sn
170 Visualizações

Dois marinheiros russos que estavam retidos há mais de um mês no Porto de Maputo foram libertados e regressaram na quarta-feira à Rússia, informou a Procuradoria-Geral russa.
“Graças ao trabalho conjunto dos representantes da Procuradoria-Geral da Rússia com os seus homólogos moçambicanos, foi possível devolver os nossos cidadãos à sua terra natal”, disse a instituição, na plataforma de mensagens Telegram.

As autoridades identificaram os marinheiros como Veniamin Krivitsky e Viktor Abusagitov, e explicaram que se tornaram “reféns financeiros” de uma “disputa de propriedade entre duas empresas estrangeiras”, o proprietário do navio e uma empresa moçambicana. A empresa reivindicava o pagamento de despesas de manutenção do barco, pelo que se recusava a emitir os documentos que permitiriam a saída dos marinheiros de Moçambique, cujos passaportes foram entregues ao serviço de migração.

“A assistência aos marinheiros por parte da Embaixada da Rússia foi complicada pela impossibilidade de aplicar a Convenção do Trabalho Marítimo de 2006, cujas disposições não se aplicam aos navios pesqueiros”, afirmou o ministério russo, citado pela Lusa. O comunicado não identificou a embarcação nem as empresas envolvidas na disputa.

Em 02 de Fevereiro, o embaixador da Rússia em Maputo, Alexandre Surikov, pediu às autoridades moçambicanas que confiscassem o navio pesqueiro “Volopas” e libertassem os marinheiros, alegadamente retidos há oito meses no Porto de Maputo, considerando a tripulação “vítima de uma disputa puramente comercial”.

banner

Leia mais…

Artigos que também podes gostar

Propriedade da Sociedade do Notícias, SA

Direcção, Redacção e Oficinas

Rua Joe Slovo, 55 • C.Postal 327

Capa do dia