Segunda-feira, 22 Julho, 2024
Início » Detidas por venda de peles de leopardos

Detidas por venda de peles de leopardos

Por Jornal Notícias
767 Visualizações

Três cidadãs cujas entidades não conseguimos apurar estão a contas com a PRM em Massingir, na província de Gaza, indiciadas de vender peles de leopardo no interior do Parque Nacional do Limpopo.
Segundo o administrador do parque, Francisco Pariela, as três mulheres teriam pedido permissão para entrar no parque, sob pretexto de compra de cabrito. “Porém, começamos a registar um ambiente estranho e por isso accionámos o Serviço Nacional de Investigação Criminal (SERNIC), culminando com detenção delas, quando transportavam peles de leopardo”, disse Pariela, sem entrar em detalhes sobre a quantidade das peles apreendidas.
Entretanto, outros dados indicam que as detidas pretendiam vender as peles a cidadãos estrangeiros ao preço de setenta mil meticais.
As mulheres, comerciantes duas do distrito de Mapai e a outra de Massingir, disseram à PRM desconhecer a origem das peles dos leopardos, tendo apontado uma suposta amiga, residente numa comunidade do interior do parque como a proprietária.
O comandante distrital da PRM em Massingir acredita que as três mulheres fazem parte de uma rede criminosa, pelo que, prosseguem trabalhos investigativos com vista à responsabilização de outros possíveis intervenientes.

Foto: Arquivo

Leia mais…

Artigos que também podes gostar

Propriedade da Sociedade do Notícias, SA

Direcção, Redacção e Oficinas

Rua Joe Slovo, 55 • C.Postal 327

Capa do dia