Sábado, 20 Julho, 2024
Início » Leilão de rubis rende 68,7 milhões de dólares

Leilão de rubis rende 68,7 milhões de dólares

Por Juma Capela
920 Visualizações

A Montepuez Rubi Mining anunciou, há dias, a obtenção de 68,7 milhões de dólares por um leilão de leilão de rubis de qualidade mista realizado em meados deste.

O valor resulta da colocação de 94 dos 97 lotes (compreendendo 217.044 quilates) à venda tendo seido adquiridos 97% dos minérios ao preço médio realizado de 316.95 dólares por quilate.

No ttotal são 22 leilões de pedras preciosas realizados pela MRM desde junho de 2014 tendo gerado até ao momento, 1,12 bilião de dólares em receita total.

Referindo-se ao último leilão realizado, Adrian Banks, director Executivo de Produção e Vendas da Gemfields, comentou que o mesmo “assinala o 10º aniversário desde o primeiro leilão de rubis da Montepuez Ruby Mine, em Moçambique, realizado pela Gemfields em junho de 2014. Temos o prazer de anunciar mais um forte resultado, demonstrando a confiança que os clientes fiéis têm na nossa oferta de produtos e plataforma de leilões”.

Sustentou que embora os resultados dos leilões não devam ser directamente comparados, a sua equipa orgulha-se de ter ultrapassado o marco de um preço médio de venda de 300 dólares por quilate neste leilão.

Sublinhou que embora a indústria esteja actualmente a enfrentar alguns ventos contrários decorrentes, em parte, de um abrandamento na China, a sua empresa espera que este resultado proporcione um bom conforto a outras partes interessadas no sector.

“Como sempre, endereçamos os nossos agradecimentos para a equipa de trabalho da MRM, os nossos parceiros Mwiriti e ao Governo de Moçambique, cujo apoio torna estes resultados e conquistas possíveis”, observou

Os rubis brutos foram extraídos pela Montepuez Ruby Mining Limitada (“MRM”, que é detida a 75% pela Gemfields e 25% pela sua parceira moçambicana Mwiriti Limitada).

As receitas deste leilão serão integralmente repatriadas para a MRM, em Moçambique, sendo todos os royalties devidos ao Governo da República de Moçambique pagos sobre o preço total de venda alcançado no leilão.

Os lotes do leilão foram disponibilizados em Bangkok para exibições privadas e presenciais pelos clientes. Após as visualizações, as sessões de venda decorreram através de uma plataforma de leilões online especialmente adaptada para a Gemfields e que permitiu a clientes de várias jurisdições participar num processo de licitação selada.

A combinação específica de leilões e a qualidade dos lotes oferecidos em cada leilão variam em características como tamanho, cor e transparência, devido a variações na produção mineira e na procura do mercado. Por conseguinte, os resultados de cada leilão nem sempre são directamente comparáveis.

A Montepuez Rubi Mining anunciou, há dias, a obtenção de 68,7 milhões de dólares por um leilão de leilão de rubis de qualidade mista realizado em meados deste.

O valor resulta da colocação de 94 dos 97 lotes (compreendendo 217.044 quilates) à venda tendo seido adquiridos 97% dos minérios ao preço médio realizado de 316.95 dólares por quilate.

No ttotal são 22 leilões de pedras preciosas realizados pela MRM desde junho de 2014 tendo gerado até ao momento, 1,12 bilião de dólares em receita total.

Referindo-se ao último leilão realizado, Adrian Banks, director Executivo de Produção e Vendas da Gemfields, comentou que o mesmo “assinala o 10º aniversário desde o primeiro leilão de rubis da Montepuez Ruby Mine, em Moçambique, realizado pela Gemfields em junho de 2014. Temos o prazer de anunciar mais um forte resultado, demonstrando a confiança que os clientes fiéis têm na nossa oferta de produtos e plataforma de leilões”.

Sustentou que embora os resultados dos leilões não devam ser directamente comparados, a sua equipa orgulha-se de ter ultrapassado o marco de um preço médio de venda de 300 dólares por quilate neste leilão.

Sublinhou que embora a indústria esteja actualmente a enfrentar alguns ventos contrários decorrentes, em parte, de um abrandamento na China, a sua empresa espera que este resultado proporcione um bom conforto a outras partes interessadas no sector.

“Como sempre, endereçamos os nossos agradecimentos para a equipa de trabalho da MRM, os nossos parceiros Mwiriti e ao Governo de Moçambique, cujo apoio torna estes resultados e conquistas possíveis”, observou

Os rubis brutos foram extraídos pela Montepuez Ruby Mining Limitada (“MRM”, que é detida a 75% pela Gemfields e 25% pela sua parceira moçambicana Mwiriti Limitada).

As receitas deste leilão serão integralmente repatriadas para a MRM, em Moçambique, sendo todos os royalties devidos ao Governo da República de Moçambique pagos sobre o preço total de venda alcançado no leilão.

Os lotes do leilão foram disponibilizados em Bangkok para exibições privadas e presenciais pelos clientes. Após as visualizações, as sessões de venda decorreram através de uma plataforma de leilões online especialmente adaptada para a Gemfields e que permitiu a clientes de várias jurisdições participar num processo de licitação selada.

A combinação específica de leilões e a qualidade dos lotes oferecidos em cada leilão variam em características como tamanho, cor e transparência, devido a variações na produção mineira e na procura do mercado. Por conseguinte, os resultados de cada leilão nem sempre são directamente comparáveis.

Leia mais…

Artigos que também podes gostar

Propriedade da Sociedade do Notícias, SA

Direcção, Redacção e Oficinas

Rua Joe Slovo, 55 • C.Postal 327

Capa do dia