Terça-feira, 23 Julho, 2024
Início » Sobe para 22 número de mortos em manifestação no Quénia

Sobe para 22 número de mortos em manifestação no Quénia

Por Jornal Notícias
729 Visualizações

Vinte e duas pessoas foram mortas no Quénia durante as manifestações anti-governamentais de terça-feira, disse hoje à AFP a presidente do organismo oficial dos direitos humanos, a Comissão Nacional dos Direitos Humanos do Quénia (KNHRC).
“Acompanhámos as manifestações e registámos 22 mortes”, disse Roseline Odede, afirmando que a sua organização, que é pública mas independente do Governo, tinha “aberto um inquérito”. Um relatório anterior, elaborado por uma associação de médicos, apontava para pelo menos 13 mortos.
Durante a manhã de hoje, uma das principais figuras do movimento de protesto anti-governamental do Quénia, a jornalista e activista Hanifa Adan, apelou a uma nova manifestação pacífica em memória das vítimas dos protestos de terça-feira.
“Todo o poder soberano pertence ao povo do Quénia. Não nos podem matar a todos. Amanhã voltamos a marchar pacificamente, vestidos de branco, por todos os nossos mortos. Não serão esquecidos”, escreveu hoje de manhã na rede social X Hanifa Adan.
Na terça-feira à noite, após um dia de caos, violência e pilhagens na capital Nairobi, o Presidente William Ruto mostrou-se firme e garantiu que “a violência e a anarquia” seriam firmemente reprimidas. Antes de terça-feira, os protestos já tinham provocado a morte de duas pessoas em Nairobi, bem como dezenas de feridos e centenas de detenções.

Leia mais…

Artigos que também podes gostar

Propriedade da Sociedade do Notícias, SA

Direcção, Redacção e Oficinas

Rua Joe Slovo, 55 • C.Postal 327

Capa do dia