Terça-feira, 23 Julho, 2024
Início » Azagaia homenageado em Lisboa

Azagaia homenageado em Lisboa

Por Jornal Notícias
1,3K Visualizações

O falecido rapper moçambicano, Azagaia, vai ser homenageado pela segunda vez esta sexta-feira, em Lisboa, através da celebração da sua arte, na Casa Independente, disse uma das curadoras do evento, a jornalista Magda Burity.
De acordo com a antropóloga e jornalista, “a importância deste evento é exactamente perpetuar o legado de Azagaia e dar a conhecer aos portugueses, e a todas as pessoas do mundo em português, uma vez que o Azagaia cantava em português, o trabalho que ele fez do ponto de vista decolonial”.
Segundo a jornalista, que falava à Lusa, o trabalho de Azagaia ”continua contemporâneo, é actual e é Hip Hop, e foi através desse género musical e da palavra que ele conseguiu mudar mentalidades, tanto em Moçambique, como em todo o mundo”.
“É coincidente que esta segunda edição [do tributo] seja nos 50 anos do 25 de Abril, e nos 49 anos das independências, então é muito interessante nós estarmos a organizar este evento e também os nossos debates e o tema ‘Azagaia: A palavra como património transversal ao pensamento decolonial’”, acrescentou.
Para Magda Burity, as mensagens de Azagaia cruzam-se com a realidade portuguesa, em que os movimentos anti-racistas lutam por uma maior representatividade de negros.

Segundo o rapper Valete, também curador do evento, a ideia é manter vivo o legado de Azagaia, “um rapper muito raro, que é provavelmente das figuras políticas e artísticas mais importantes da História de Moçambique e da História de África”.
O tributo, que tem a curadoria do rapper Valete, da empresária Inês Valdez, do músico Milton Gulli, da jornalista Magda Burity e da empresária Lídia Amões, vai contar com as actuações de Coca o FSM & Mano António, Huca, Michel William, Indi Mateta, Libra, Matti Jasse, Muleca XIII, Nayr Faquira, Remna, Sam The Kid, Sir Scratch, LBC Soldjah, Schmith e Yeri e Yenin.
Todavia, segundo a jornalista e curadora do evento, este será, possivelmente, o último tributo ao artista pois a sua família “não compreende o conceito” do evento e exige que as receitas do mesmo lhe sejam entregues.

As receitas do primeiro tributo, realizado o ano passado, foram dadas à família do rapper, todavia, este ano, o objectivo é entregar o valor a uma organização não-governamental moçambicana, a Plataforma Makobo, que tem como objectivo apoiar crianças e pessoas mais desfavorecidas.
Azagaia, nome artístico de Edson da Luz, morreu em 09 de Março de 2023, vítima de doença.

Leia mais…

Artigos que também podes gostar

Propriedade da Sociedade do Notícias, SA

Direcção, Redacção e Oficinas

Rua Joe Slovo, 55 • C.Postal 327

Capa do dia