Terça-feira, 23 Julho, 2024
Início » Leitura dramática celebra Guimarães Rosa

Leitura dramática celebra Guimarães Rosa

Por Jornal Notícias
684 Visualizações

OS actores Expedito Araujo, Fernando Macamo e Ramadane Matusse celebram o aniversário natalício do escritor brasileiro João Guimarães Rosa com a leitura dramática do conto “A Hora e a Vez de Augusto Matraga”, um dos mais emblemáticos textos do autor.

A apresentação que será feita amanhã no Instituto Guimarães Rosa (IGR), cidade de Maputo, marca a passagem dos 116 anos de nascimento do escritor, considerado um dos representativos da literatura de língua portuguesa.

O texto, um dos mais populares de Guimarães Rosa é considerado por muitos o mais bem realizado da obra Sagarana (1976), é uma narrativa onde o autor entra em região quase épica de humanidade e criou padrões de escrita que inspiraram gerações de escritores.

Narrada em terceira pessoa, a história é protagonizada por Nhô Augusto, homem cruel, que dá uma reviravolta na própria vida e se vê em luta contra o seu instinto. O texto é marcado pela violência, vingança e realidade dura do sertão de Minas Gerais e pela escrita com passagens pontuais, em que o narrador deixa o leitor perceber a fronteira entre a invenção e a realidade.

João Guimarães Rosa foi um dos mais importantes escritores brasileiros do século XX, conhecido por sua obra inovadora que explora as profundezas da língua e cultura brasileira, especialmente do sertão.

Ele é celebrado por seu estilo linguístico, que combina regionalismos, neologismos e uma estrutura narrativa complexa. É reverenciado não apenas por sua contribuição à literatura brasileira, mas também por sua capacidade de capturar a essência da experiência humana.

Leia mais…

Artigos que também podes gostar

Propriedade da Sociedade do Notícias, SA

Direcção, Redacção e Oficinas

Rua Joe Slovo, 55 • C.Postal 327

Capa do dia