Domingo, 14 Julho, 2024
Início » “Chapeiros” denunciam extorsões nas estradas

“Chapeiros” denunciam extorsões nas estradas

Por Jornal Notícias
682 Visualizações

TRANSPORTADORES semi-colectivos de passageiros estão agastados com a Polícia de Trânsito (PT) por alegada extorsão durante a fiscalização rodoviária.

Os agentes da PT são acusados de ficarem em locais inapropriados, como curvas apertadas ou de menor visibilidade e a fiscalização torna-se uma oportunidade para cobranças ilícitas. 

Os “chapeiros”, tanto de rotas urbanas, como de transporte inter-distrital, pedem que a Polícia de Trânsito seja mais profissional e não vá à estrada para “encher os bolsos”;também querem que haja uma punição exemplar aos agentes que forem denunciados, que deve incluir a purificação de fileiras.

“Estamos cansados da actuação da Polícia de Trânsito. Praticamente, trabalhamos para o polícia e o dono da viatura, pois uma parte da receita que devia ser entregue ao patrão vai para os agentes da Polícia de Trânsito. Eles estão a fazer muito dinheiro nas estradas. Isso é corrupção”, disse Wilson Júnior, transportador na rota Nampula-Ribauè.

Mário Custódio, da rota Waresta-Muahivire-Expansão, revelou que já foi obrigado a pagar dois mil meticais a agentes da Polícia de Trânsito, por ter cometido uma infracção. Acrescentou que o valor resultou duma “negociação” para que a viatura não fosse parqueada.

Os nossos entrevistados explicaram que agentes da PT mandam parar determinada viatura de transporte de passageiros, pedem a respectiva documentação e procuram qualquer anomalia para simular a emissão de multa, quando, na verdade, pretendem que o condutor pague. 

Questionados se não são os automobilistas os primeiros a corromper os agentes da Polícia de Trânsito, uma vez que, regra geral, realizam viagens com viaturas superlotadas e com algumas deficiências mecânicas, admitiram que as transgressões têm que ver com a necessidade de fazer a receita para os proprietários.

O chefe da Secção de Instrução e Educação no Departamento da Polícia de Trânsito, Egídio Pedro, condenou as cobranças ilícitas e apelou aos automobilistas a identificarem e denunciarem os agentes envolvidos para a sua responsabilização.

Leia mais…

Artigos que também podes gostar

Propriedade da Sociedade do Notícias, SA

Direcção, Redacção e Oficinas

Rua Joe Slovo, 55 • C.Postal 327

Capa do dia